Internet em Risco: O cerceamento da liberdade de expressão online no Brasil


Proposta de emenda ao Marco Civil da Internet prevê o registro obrigatório de informações pessoais sempre que um site for acessado.

O cerceamento da liberdade de expressão online no Brasil
Governo defende internet livre, mas toma medidas que contradizem essa postura (Foto: Flickr.com/Jonas Smith)
Os brasileiros levam as redes sociais muito a sério.
A população com acesso à internet do país é uma das que mais cresce no mundo e plataformas como Facebook, Twitter e WhatsApp são usadas não apenas para expressar opiniões, mas como alternativa aos caros planos das operadoras de telecomunicações.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Porém, uma proposta de emenda para o recém-criado Marco Civil da Internet, lei que regula o uso da internet no país, põe em risco a liberdade de expressão dos internautas brasileiros.

Apelidada de lei do espião, a emenda estabelece o registro obrigatório de informações pessoais como endereço e telefone sempre que um site for acessado. Ela torna mais fácil processar as pessoas por comentários feitos em redes sociais.

Em tempos de crise política, a proposta promete acirrar o debate sobre a liberdade de expressão.

Um dos autores da proposta é o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um dos parlamentares alvos da Operação Lava Jato. Cunha é um dos maiores críticos do Marco Civil da Internet e se uniu à bancada evangélica para derrubá-lo.

No entanto, grupos como Centro de Tecnologia e Sociedade, da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, afirmam que a proposta tem grandes chances de ser classificada como inconstitucional.


Você leu?: A política ambiental do governo brasileiro é boa ou ruim para o clima?


O governo brasileiro diz defender uma internet livre, mas as ações tomadas por ele contradizem essa afirmação.

Nos protestos de 2013, por exemplo, o Exército e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) promoveram um intenso monitoramento das atividades online de manifestantes e políticos.

Tendo sofrido com um regime militar que terminou há 30 anos, a democracia brasileira ainda é relativamente nova e a população do país é bastante sensível em relação a questões que interferem em suas liberdades básicas.

Políticos e juízes deveriam ser mais conscientes em relação a isso.

Fontes:
The New York Times-Brazil’s Digital Backlash

Postado na categoria: Brasil, Internet - Palavras chave: , , , , , , ,

Leia também:

Brasil da série
Brasil da série "Só dói quando eu rio"

"O que da para rir dá pra chorar”

October 11, 2019, 6:20 pm
Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia
Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia

Números são os maiores desde 2011

October 12, 2019, 12:15 pm
Cecília Meireles - O livro da solidão - Literatura
Cecília Meireles - O livro da solidão - Literatura

Mas uma ilha deserta nem sempre é um exílio

September 26, 2019, 6:00 pm
Brasil; reservas legais geram R$ 6 trilhões por ano
Brasil; reservas legais geram R$ 6 trilhões por ano

Estudo esclarece por que o Brasil precisa de suas reservas legais – elas geram R$ 6 trilhões por ano. Vegetação mantida dentro das propriedades rurais são importantes para o ecossistema...

September 27, 2019, 11:41 am
Manchas de óleo atingem todos os estados do Nordeste
Manchas de óleo atingem todos os estados do Nordeste

Em 24/10, as primeiras manchas apareceram

October 8, 2019, 11:30 am
Brasil - Só dói quando eu rio
Brasil - Só dói quando eu rio

Art. 7, inc. IV da Constituição Federal de 88

October 8, 2019, 3:04 pm