Hilda Hirst – Poesia


O poeta inventa viagem, retorno, e sofre de saudade
Hilda HilstArte,Pinturas,Blog do mesquita,Edward Hopper 04

Meu medo, meu terror, é se disseres:
Teu verso é raro, mas inoportuno.
Como se um punhado de cerejas
A ti te fosse dado
Logo depois de haveres engolido
Um punhado maior de framboesas.

E dirias que sim, que tu me lembras.
Mas que a lembrança das coisas, das amigas
É cotidiana em ti. Que não te enganas,
Que o amor do poeta é coisa vã.

Continuarias: há o trabalho, a casa
E fidalguias
Que serão para sempre preservadas.
Se és poeta, entendes. Casa é ilha.
E o teu amor é sempre travessia.

Meu medo, meu terror, será maior
Se eu a mim mesma me disser:
Preparo-me em silêncio. Em desamor.
E hoje mesmo começo a envelhecer.


Você pode se interessar também sobre: Dicas – Dica de revista


Arte: Morning Sun – Edward Hopper – Óleo sobre tela – 115x90cm

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , , ,

Leia também:

Hannah Arendt - Frase do dia - 29/07/2016

"A essência dos Direitos Humanos é o direito a ter direitos." Hannah Arendt

July 29, 2016, 10:00 am
Versos na tarde - Amparo Jimenez - 15/05/2013

Ilusión Marina Amparo Jimenez ¹ Tu lengua, pececillo inquieto en mi rostro. Tu boca, ostra que juega con mis labios. Tu piel, arena ardiente sobre mi cuerpo todo. Tu voz,...

May 15, 2013, 9:00 pm
Jean Jacques Rousseau - O Ciclo do Progresso
Jean Jacques Rousseau - O Ciclo do Progresso

Da sociedade e do luxo que ela engendra, nascem as artes liberais

June 17, 2019, 6:20 pm
Cecília Meireles - Versos na tarde

Recordação Cecília Meireles ¹ Agora, o cheiro áspero das flores leva-me os olhos por dentro de suas pétalas. Eram assim teus cabelos; tuas pestanas eram assim, finas e curvas. As...

May 16, 2011, 9:00 pm
Carlos Drummond de Andrade - Versos na tarde

Sem título Carlos Drumond de Andrade¹ Os ombros suportam o mundo Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus. Tempo de absoluta depuração. Tempo em que não...

June 23, 2008, 9:26 pm
Jorge Luís Borges - Frase do dia - 21/05/2015

"Nada se edifica sobre a pedra, tudo sobre a areia. Mas nosso dever é edificar como se a areia fosse pedra." Jorge Luís Borges

May 21, 2015, 10:58 am