Flora Figueiredo – Poesia – Na dúvida, faça. O risco faz parte.


Poema
Flora FigueiredoJaclyn Alderete,Ilustração,Blog do Mesquita

Na dúvida, faça.
O risco faz parte.
A graça está em tentar,
em vez de sentar e assistir;
O mundo está em esticar-se todo para atingir;
O mundo está no desafio da interrogação:
E porque não?
Entre na festa,
Arranque a capa,
Morda a maçã.
Desate o cinto para voar livre pelo amanhã,
ainda que ele seja um labirinto.
Deixe o ID rolar,
Nesta arte viva de arriscar,
cônscio e devoto.
Pois que viver não é entrar no mar onde dá pé,
Mas mergulhar com fé no maremoto.

Ilustração de Jaclyn Alderete

 


Você leu?: Luiza Jorge Neto – O poema ensina a cair


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

Adolfo Cascais Monteiro - Aurora
Adolfo Cascais Monteiro - Aurora

A poesia não é voz – é uma inflexão.

August 17, 2019, 6:45 pm
Alice Ruiz - Se por acaso a gente se cruzasse
Alice Ruiz - Se por acaso a gente se cruzasse

de dia um improviso/de noite uma farra

August 15, 2019, 8:00 pm
Miguel Torga - Combater é uma diminuição
Miguel Torga - Combater é uma diminuição

Assim é que nada se salva

August 18, 2019, 7:09 pm
Fernando Pessoa - A Espantosa Realidade das Cousas
Fernando Pessoa - A Espantosa Realidade das Cousas

Basta existir para se ser completo

August 24, 2019, 7:00 pm
Marcel Proust - Mentimos para proteger o nosso prazer
Marcel Proust - Mentimos para proteger o nosso prazer

Mentimos para Proteger o nosso Prazer A mentira é essencial à humanidade. Nela desempenha porventura um papel tão importante como a procura do prazer, e de resto é comandada por...

August 16, 2019, 11:00 am
Manoel de Barros - Soberania
Manoel de Barros - Soberania

...mas o vento escorregava muito...

August 5, 2019, 8:00 pm