Fernando Pessoa – Versos na tarde – 25/03/2017


Ficções do Interlúdio – extrato
Fernando Pessoa¹

Sentir a poesia é a maneira figurada de se viver
Eu não sinto a poesia não porque não saiba o que ela é
Mas porque não posso viver figuradamente
E se o conseguisse tinha de seguir outro modo de me acondicionar
A condição da poesia é ignorar como se pode senti-la
Há coisas belas que são belas em si
Mas a beleza íntima dos sentimentos espelha-se nas coisas
E se elas são belas nós não as sentimos.

¹ Fernando Antonio Nogueira Pessoa
* Lisboa, Portugal – 13 de Junho de 1888
+ Lisboa, Portugal – 30 de Novembro de 1935

->>biografia


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]


Você leu?: Elizabeth Bishop – A arte de perder


Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , , ,

Leia também:

Eugenio de Andrade - O sorriso - Poesia
Eugenio de Andrade - O sorriso - Poesia

Era um sorriso com muita luz

December 2, 2019, 6:55 pm
Confúcio - Tudo é belo?
Confúcio - Tudo é belo?

Tudo é Belo, mas nem todos veem a beleza.

December 7, 2019, 7:48 pm
Roberto Gaefke - Revolução da alma
Roberto Gaefke - Revolução da alma

Aprenda para que não pensem por você.

November 27, 2019, 8:29 pm
Elizabeth Bishop - A arte de perder
Elizabeth Bishop - A arte de perder

A arte de perder não é nenhum mistério;

December 12, 2019, 9:00 pm
Manoel Caixa D'Água - Se as noites envelhecessem - Poesia
Manoel Caixa D'Água - Se as noites envelhecessem - Poesia

A cidade sem porta, as ruas brancas de minha infância que não voltam mais.

December 7, 2019, 7:33 pm
Octavio Paz - Acos - Poesia
Octavio Paz - Acos - Poesia

À Silvina Ocampo. Quem canta nas ourelas do papel?

November 26, 2019, 7:00 pm