Fernando Pessoa – E toda a noite a chuva veio – Poesia

No som da chuva triste e cheio


E toda a noite a chuva veio
Fernando PessoaChuva,Fotografia,Blog do Mesquita,Flikr

E toda a noite a chuva veio
E toda a noite não parou,
E toda a noite o meu anseio
No som da chuva triste e cheio
Sem repousar se demorou.

E toda a noite ouvi o vento
Por sobre a chuva irreal soprar
E toda a noite o pensamento
Não me deixou um só momento
Como uma maldição do ar.

E toda a noite não dormida
Ouvi bater meu coração
Na garganta da minha vida.


Você leu?: Murilo Mendes – Poesia


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

Paulo Mendes Campos - Acorrentados - Literatura
Paulo Mendes Campos - Acorrentados - Literatura

Quem acorda de madrugada e estremece no desgosto de si mesmo ao lembrar que há muitos anos feriu a quem amava

December 10, 2019, 7:15 pm
Eugenio de Andrade - O sorriso - Poesia
Eugenio de Andrade - O sorriso - Poesia

Era um sorriso com muita luz

December 2, 2019, 6:55 pm
Flora Figueiredo - Canto aos quatro cantos - Poesia
Flora Figueiredo - Canto aos quatro cantos - Poesia

Desnudo as pautas do tempo

November 22, 2019, 7:00 pm
Fernando Pessoa - Estou cansado da inteligência - Poesia
Fernando Pessoa - Estou cansado da inteligência - Poesia

Mas só percebo um cansaço no fundo, como baixam na taça

November 27, 2019, 7:58 pm
Franz Kafka - Poesia
Franz Kafka - Poesia

Não é necessário sair de casa.

December 5, 2019, 9:00 pm
Cícero - Filosofia
Cícero - Filosofia

Aprenda para que não pensem por você.

November 24, 2019, 4:09 pm