Fernando Namora – Poesia


Balada de Sempre
Fernando namoraARte,Fotografias, Blog do Mesquita,Masao Yamamoto 01
 
Espero a tua vinda
a tua vinda,
em dia de lua cheia.
 
Debruço-me sobre a noite
a ver a lua a crescer, a crescer…
 
Espero o momento da chegada
com os cansaços e os ardores de todas as chegadas…
 
Rasgarás nuvens de ruas densas,
Alagarás vielas de bêbados transformadores.
Saltarás ribeiros, mares, relevos…
– A tua alma não morre
aos medos e às sombras!-
 
Mas…,
Enquanto deixo a janela aberta
para entrares,
o mar,
aí além,
sempre duvidoso,
desenha interrogações na areia molhada…
Fotografia de Masao Yamamoto

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

Thiago de Mello - A fruta aberta - Poesia
Thiago de Mello - A fruta aberta - Poesia

Aprendi contigo, amada. Aprendi com a tua beleza

September 21, 2019, 7:15 pm
Clarice Lispector - A imaginação é a base do homem
Clarice Lispector - A imaginação é a base do homem

O determinismo não é um determinismo de fins

August 30, 2019, 5:52 pm
Sophia de Mello Andresen - É por ti - Poesia
Sophia de Mello Andresen - É por ti - Poesia

É por ti que se enfeita e se consome

September 1, 2019, 7:35 pm
Voltaire - Amor comparado
Voltaire - Amor comparado

Queres ter uma ideia do amor, vê os pardais...

September 18, 2019, 8:00 pm
30 anos depois, ‘O Conto da Aia’ está mais próximo da realidade
30 anos depois, ‘O Conto da Aia’ está mais próximo da realidade

Faz mais de 30 anos que Margaret Atwood escreveu The Handmaid's Tale

September 18, 2019, 12:12 pm
Poesia - Eu te amo
Poesia - Eu te amo

...desta palavra eu sei todo o peso.

September 16, 2019, 6:30 pm