Fatos & Fotos


Crime é um grande negócio

Em meu entendimento, e escrevo sobre isso desde a Escuderia Le Coq e Lúcio Flávio – os novos, aos livros – há muitos anos. O Estado perdeu a batalha contra o crime. Não vejo como recuperar o controle do Estado, principalmente porque, quem controla o crime organizado, está acima da lei; por detenção absoluta poder político e econômico. A violência institucional alimenta os discurso de vertentes diversas e opostas, e tal e qual as guerras militares, proporciona verbas astronômicas a seus mentores. E quando falo sobre lucros, não me refiro tão somente ao produto obtido diretamente com o ato em si, mas peço que imaginem toda a cadeia, sem trocadilhos, econômica “envovildada “nesse combate – de construções de presídios à alimentação da população carcerária; de advogados à fabricas de veículos adaptados para tal; da indústria armamentista à empregos, salários, equipamentos… façam as conexões, e constatarão que a lista é astronômica. O mínimo controle efetivo sobre a criminalidade, promove uma enxurrada de verbas, que sofrem os devidos desvios no ralo da corrupção. Tal e qual a seca no nordeste, se a água jorrar, secarão os votos eleitorais. Sem a criminalidade generalizada, crime deixará de ser um grande “negócio”, macabro, para os que estão no topo da pirâmide. E, o básico: não há oferta sem demanda. Ensina a mais primária das teorias econômicas.

*****

Torna-se minimamente oportuno, discutir-se a prisão perpétua e castração química para pedófilos.
“Tio-avô é preso suspeito de estuprar menina de apenas sete anos no DF. Segundo a Polícia Militar, ele fugiu para se esconder na casa de um irmão, no Guará, mas acabou detido e levado à delegacia.”

****


Você leu?: Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia


Redação coercitiva?
Em sigilo, José Paulo Preto Alckmin prestou depoimento por escrito ao STJ. Em Sampa, ninguém mexe com o PSDB.
Aos amigos, tudo. Aos inimigos, a lei. Depoimento de Alckmin, o Santo, ao STJ não tem Globo News, nem sequer presença. Vai por carta mesmo. A lei é para todos dona Carmínima? “Mêrmu”?
*****
O Bananil não passa de uma aberração midiática.
Em 2016, a PF fez buscas no triplex do Guarujá e contratou um chaveiro para abrir o apartamento.
O Jornal Nacional entrevistou o chaveiro.
*****
Com o STFdoPSDB até o talo.
Transmissão do julgamento de Aécio Neves: o recado da assessoria de imprensa do STF, em caixa alta: “NÃO está autorizada a transmissão ao vivo/tempo real, por internet ou pela TV, de imagens e áudio das sessões de julgamentos das Turmas do STF”.
 
 

Postado na categoria: Brasil, Corrupção, Mídia, Política -

Leia também:

Brasil; reservas legais geram R$ 6 trilhões por ano
Brasil; reservas legais geram R$ 6 trilhões por ano

Estudo esclarece por que o Brasil precisa de suas reservas legais – elas geram R$ 6 trilhões por ano. Vegetação mantida dentro das propriedades rurais são importantes para o ecossistema...

September 27, 2019, 11:41 am
Impunidade dos poderosos no Brasil
Impunidade dos poderosos no Brasil

Há acordo velado entre e a impunidade.

October 9, 2019, 12:15 pm
Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia
Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia

Números são os maiores desde 2011

October 12, 2019, 12:15 pm
Não são “balas perdidas”. São balas assassinas
Não são “balas perdidas”. São balas assassinas

Não foi uma bala perdida. Foi uma bala encontrada

September 26, 2019, 11:40 am
Fundos que controlam 16 trilhões de dólares cobram pela crise na Amazônia
Fundos que controlam 16 trilhões de dólares cobram pela crise na Amazônia

Boicote por crise dos incêndios na Amazônia chega ao mercado financeiro

September 23, 2019, 11:58 am
Manchas de óleo atingem todos os estados do Nordeste
Manchas de óleo atingem todos os estados do Nordeste

Em 24/10, as primeiras manchas apareceram

October 8, 2019, 11:30 am