Ex-Ministro de FHC compara PT à Cosa Nostra


O atual deputado federal e ex-ministro da educação durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, Paulo Renato, não usou da menor sutileza.

Foi direto na jugular petista. Com todas as letras, parágrafos e incisos, colocou o PT na mesma seara dos mafiosos da Sicília.
Haverá o PT de preparar uma “vendetta”?
O Editor


Tucano compara o sindicalismo petista à Cosa Nostra

Ex-ministro de FHC e atual secretário de Educação de São Paulo, o deputado tucano Paulo Renato Souza veiculou em seu blog um artigo azedo.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

No texto, o grão-tucano investe contra o que chama de “nova casta de sindicalistas”. Gente acomodada, segundo ele, em “postos estratégicos” do governo Lula.

Paulo Renato menciona o caso do dossiê elaborado contra o ministro petista Guido Mantega (Fazenda).


Você leu?: Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia


Enxerga no episódio métodos da máfia italiana, a “Cosa Nostra”. Faz também uma analogia com as práticas adotadas sob Al Capone:

“Nem mesmo os petistas estão livres de serem vítimas de práticas criminosas que se assemelham em muito ao que fazia o sindicalismo de Chicago nos anos trinta, ou o de Nova York”.

Evocando notícia da Folha, Paulo Renato lembra que a investida do sindialismo petista contra Mantega envolve uma disputa pelo controle da Previ.

Ao resumir o episódio, o tucano injeta na encrenca o ex-presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP):

“Até recentemente o comando do Previ estava nas mãos de um grupo de bancários paulistas, berço político e reduto eleitoral do ex-presidente do PT, Ricardo Berzoini…”

“…[…] Ao sentir que a presidência do Previ sairia de suas mãos, pois o ministro [Mantega] pretendia indicar um nome que não pertencia ao grupo…”

“…A turma dos bancários partiu para a ofensiva, divulgando uma carta anônima, na qual apontou atuações heterodoxas de uma das filhas do ministro da Fazenda”.

No dizer de Paulo Renato, “não é a primeira vez que sindicalistas e bancários participantes do governo Lula se veem envolvidos na produção de dossiês”.

Lembrou o caso dos “aloprados”, de 2006: “A Polícia Federal apreendeu R$ 1,7 milhão nas mãos de petistas suspeitos de montar um falso dossiê contra José Serra”.

Acrescentou: “Como se observa, o gangsterismo vem de longe. O inusitado do mais recente ‘dossiê’ é que ele se destina a produzir o chamado ‘fogo amigo’.”

Citou a presidenciável do PT: “Para a candidata Dilma [Rousseff], se é uma carta anônima, não tem problema, pois não se pode chamá-la de dossiê”.

Mencionou o mandachuva do petismo: “Segundo o presidente do PT, [José] Eduardo Dutra, esse é um ‘assunto velho’.”

Lamentou: “Tudo é jogado para debaixo do tapete e não há, sequer, uma defesa veemente do ministro da Fazenda”.

Em seguida, uma frase em timbre de exclamação: “Pasmem, quem o defendeu como um homem honesto foi o candidato José Serra!”

Paulo Renato reproduz no artigo uma frase de Sérgio Guerra, presidente do PSDB e coordenador da campanha de Serra:

“Se eles fazem contra eles, imaginem o que podem fazer contra nós”.

Os ataques de Paulo Renato chegam nas pegadas da polêmica que Índio da Costa, o vice de Serra, ateou na campanha ao vincular o PT às Farc e ao narcotráfico.

Uma controvérsia que resultou na concessão, pelo TSE, de direito de resposta do PT contra o PSDB.

Paulo Renato borrifa gasolina na cena política no mesmo dia em que a resposta do PT foi veiculada no sítio de campanha de Serra, o Mobiliza PSDB.

-> o artigo completo de Paulo Renato de Souza

blog Josias de Souza

Postado na categoria: Brasil, Política - Palavras chave: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

Manchas de óleo atingem todos os estados do Nordeste
Manchas de óleo atingem todos os estados do Nordeste

Em 24/10, as primeiras manchas apareceram

October 8, 2019, 11:30 am
Fundos que controlam 16 trilhões de dólares cobram pela crise na Amazônia
Fundos que controlam 16 trilhões de dólares cobram pela crise na Amazônia

Boicote por crise dos incêndios na Amazônia chega ao mercado financeiro

September 23, 2019, 11:58 am
Censura, um efeito cascata que corrói a arte no Brasil
Censura, um efeito cascata que corrói a arte no Brasil

A decisão da Caixa Cultural em cancelar o espetáculo Abrazo

September 26, 2019, 12:49 pm
Impunidade dos poderosos no Brasil
Impunidade dos poderosos no Brasil

Há acordo velado entre e a impunidade.

October 9, 2019, 12:15 pm
Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia
Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia

Números são os maiores desde 2011

October 12, 2019, 12:15 pm
Brasil da série
Brasil da série "Só dói quando eu rio"

"O que da para rir dá pra chorar”

October 11, 2019, 6:20 pm