Éric Weil – Literatura


Éric Weil,Literatura,Blog do MesquitaO Indivíduo não é Simplesmente Racional

O homem concreto, o indivíduo, não é simplesmente racional. Certamente não é privado de razão, mas possui-a num grau mais ou menos elevado; talvez jamais chegue à posse total da razão inteira; não é menos certo que pode ser desprovido de razão, que se encontram animais que tudo têm do homem no sentido das definições científicas, mesmo a linguagem, e que não possuem o essencial no sentido do filósofo: loucos, cretinos, homines minime sapientes. Embora lamentável, esse facto não sofre contestação: o homem em certos momentos e em certos lugares não foi suficientemente desprovido de razão para matar os filósofos?

Éric Weil, in ‘Lógica da Filosofia’


Você pode se interessar também sobre: José Américo de Almeida – Fase do dia – 08/08/2015


Postado na categoria: Literatura - Palavras chave:

Leia também:

Schopenhauer - Reflexões na tarde

A tragicomédia de nossa vida Schopenhauer¹ Vista e examinada minuciosamente de alto e de longe, a vida de cada homem tem o aspecto de uma comédia; em sua total consideração...

April 7, 2008, 9:00 pm
Rosa Lobato Faria - Versos na tarde - Poesia - 26/11/2017

Sem Título Rosa Lobato Faria¹ E de novo a armadilha dos abraços. E de novo o enredo das delícias. O rouco da garganta, os pés descalços a pele alucinada de...

November 26, 2017, 9:00 pm
Honestidade - Frase do dia - 30/10/2016

Honestidade é um dom precioso. Não espere isso de pessoas baratas.

October 30, 2016, 9:00 am
T.S.Eliot - Poesia - Poemas

A canção de amor de J. Alfred Prufrock - Parte I T.S.Eliot¹ S'io credesse che mia risposta fosse A persona che mai tornasse al mondo, Questa fiamma staria senza piu...

May 8, 2017, 9:00 pm
Ada Negri - Versos na tarde - 22/01/2016

Aquele Que Passa Ada Negri¹ O desconhecido que passa e te acha ainda digna de uma fugidia palavra de desejo, Talvez porque na sombra da noite tão doce de Maio...

January 22, 2016, 9:00 pm
Cláudio Manuel da Costa - Versos na tarde

XI Cláudio Manuel da Costa ¹ Formosa é Daliana; o seu cabelo, A testa, a sobrancelha é peregrina; Mas nada tem, que ver coa bela Eulina, Que é todo o...

February 2, 2011, 9:00 pm