Engenharia social e as balas “Hollow Point”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O projeto de controle demográfico mundial continua em operação, mas através da mídia vocês não ficam sabendo de nada.

Economia,Balas Hollow Point,Bilderberg,Armamentos,Demografia,Convenção de Genebra,Polícia USA,David Ricardo,Malthus,Blog do Mesquita,Genocídio

O que foi teorizado lá no Sec.XVII por Malthus e David Ricardo continua atual.

Alguém aí já ouviu falar em balas “hollow point”?

Não? Claro. Imagina!

Então explico:
Um projétil ‘hollow point’ ou ponta oca possui uma cavidade na ponta que proporciona sua expansão quando atinge obstáculos de consistência típica de tecidos animais, aumentando seu diâmetro e, consequentemente, a transmissão de energia, os danos do impacto e, se for o caso, o sangramento da vítima.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Seu uso é proibido pela convenção de Genebra, ou seja, seu uso militar é totalmente proibido. Entendido?

Pois bem! A polícia dos Estados Unidos adquiriu UM BILHÃO E MEIO de balas hollow point.

Fica assim: As forças armadas dos USA não podem usar esse armamento nem em guerra, mas a polícia pode?
Polícia atua em segurança e contra cidadãos civis.

UM BILHÃO E MEIO DE BALAS HOLLOW POINT?

Discutem os especialistas em demografia que a população ideal para os USA seria de 80 Milhões de habitantes.

Assim me reservo o direito de usar a lógica cartesiana para suspeitar de genocídio planejado.

José Mesquita

José Mesquita

Nasceu em Fortaleza,Ce. Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em Administração, Ciências da Computação e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. É consultor em Direito Digital. Participou de mais de 250 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Design Gráfico, já criou mais de 35 marcas, logotipos, logomarcas, e de livrosa de arte para empresas no Brasil e Exterior Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. Foi diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo da Ecola de Aviação Civil do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association - NAPP, Usa. É membro da Academia Fortalezense de Letras e Membro Honorário da Academia Cearense de Letras. Autor de três livros de poesias - e outros quatro ainda inéditos; uma peça de teatro; contos e artigos diversos para jornais; apresentações e prefácios de publicações institucionais; catálogos e textos publicitários. Ministra cursos gratuítos de Arte e de Computação Básica para crianças e adolescentes em centros comunitários de comunidades carentes na periferia das cidades.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me