Emily Dickinson – Poesia


Poema
Emily DickinsonLirio Negro,Fotografias,Flickr,Blog do Mesquita
 
Como disciplina,
Passa o lírio pelo solo negro;
Seu alvo rizoma não se abala
E sua fé nada teme.
Mais tarde, por entre a erva,
Balança a campânula de berilo;
A vida, entre torrões, esquecida agora,
Em êxtase e precipício.

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , ,

Leia também:

Shakespeare - Frase do dia - 08/02/2014

"Aprenda a dar à todas as pessoas os seus ouvidos. Mas à poucas a sua voz." Shakespeare

February 8, 2014, 10:02 am
Shakespeare - Frase do dia - 22/01/2013

"Ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa." Shakespeare

January 22, 2013, 10:02 am
Marguerite Yourcenar - Frase do dia - 15/10/2016

"No momento em que decidimos renegar todos os princípios, é conveniente que conservemos, no mínimo, os escrúpulos." Marguerite Yourcenar

October 15, 2016, 9:00 am
Shakespeare - Frase do dia - 07/08/2017

"O amor acrescenta uma preciosa visão aos olhos." William Shakespeare [ad name="Retangulo - Anuncios - Duplo"]

August 7, 2017, 9:45 am
François Villon - Versos na tarde

Balada do Concurso de Blois François Villon¹ Morro de sede quase ao pé da fonte, Quente qual fogo, mas batendo os dentes; Em meu país vivo além do Horizonte; Junto...

October 12, 2008, 9:00 pm
Alejandro Casona - Frase do dia - 20/01/2015

“No verdadeiro amor ninguém manda; obedecem os dois.” Alejandro Casona

January 20, 2015, 11:02 am