Elizabeth Barrett Browning – Poesia – Como te amo?


Como te amo?
Elizabeth Barrett BrowningArtes Plásticas,Desenhos,Henry Asencio,Blog do Mesquita

Como te amo? Deixa-me contar de quantas maneiras.
Amo-te até ao mais fundo, ao mais amplo
e ao mais alto que a minha alma pode alcançar
buscando, para além do visível dos limites
do Ser e da Graça ideal.
Amo-te até às mais ínfimas necessidades de todos
os dias à luz do sol e à luz das velas.
Amo-te com liberdade, enquanto os homens lutam
pela Justiça;
Amo-te com pureza, enquanto se afastam da lisonja.
Amo-te com a paixão das minhas velhas mágoas
e com a fé da minha infância.
Amo-te com um amor que me parecia perdido – quando
perdi os meus santos – amo-te com o fôlego, os
sorrisos, as lágrimas de toda a minha vida!
E, se Deus quiser, amar-te-ei melhor depois da morte.

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , , ,

Leia também:

Tomás de Aquino - Frase do dia - 20/01/2013

"A inveja resulta da infelicidade de contemplar a felicidade dos outros." Tomás de Aquino

January 20, 2013, 10:02 am

"A vida é curta, a arte é longa. A ocasião, fugidia. A esperança, falaz. E o julgamento, difícil". Hipócrates

August 22, 2010, 10:02 am

"Acho a televisão muito educativa. Todas as vezes que alguém liga o aparelho, vou para outra sala e leio um livro." Groucho Marx

August 8, 2010, 10:02 am
Nuno Júdice - Poesia - Literatura
Nuno Júdice - Poesia - Literatura

Trabalho o poema sobre uma hipótese: o amor

May 23, 2019, 6:32 pm
Patativa do Assaré - Versos na tarde - 03/12/2013

Outros olhos Patativa do Assaré¹ Teus olhos Maria Loura, Teus olhos Maria Morena, Teus olhos Maria Ruiva Não cabem no meu poema! Porque no meu poema (no poema que escreverei)...

December 3, 2013, 9:00 pm
Paul Verlaine - Versos na tarde

A batalhas de amor campo de pluma. Paul Verlaine ¹ Languidez, languidez! tem paciência, formosa! Acalma esse febril e indômito desejo; A amante deve ter, no embate mais sobejo. o...

July 5, 2010, 9:00 pm