Eleições 2010: Serra acusa PT de usar dinheiro público para manipular imprensa


Parece que o Zé — marqueteiros estão tentando ‘pregar’ esse prosaico Zé em um candidato que a vida toda foi conhecido como José Serra, e associado à elite paulistana. Além do que, o tucano pode ser confundido com outro Zé, o Dirceu, que ficou famoso através do mensaleiro Roberto Jefferson que cunhou o famoso ‘sai daí Zé’! — está disposto a empunhar a mesma giratória borduna do Índio, seu vice, para atacar tudo que lembrar PT.
O Editor


Serra diz que PT usa dinheiro público para manipular imprensa.

Candidato do PSDB participou de congresso de jornais no Rio.

Governo não comenta. Dirigente do PT diz que Serra não tem credibilidade.

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, fez críticas ao governo e ao PT nesta quinta (19) ao participar do 8º Congresso Brasileiro de Jornais, em um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Convidado para falar sobre liberdade de imprensa, ele afirmou que o atual governo utiliza dinheiro publico para manipular a imprensa e a sociedade.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

Consultada, a assessoria da Presidência da República informou que não irá se manifestar. O secretário de Comunicação do PT, André Vargas, afirmou que Serra “não tem credibilidade” para fazer essas declarações porque, segundo ele, o governo de São Paulo tem “uma TV chapa branca” [leia mais ao final deste texto].


Você leu?: Armas contrabandeadas dos EUA fortalecem o crime organizado no Brasil


A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, era aguardada no Congresso Brasileiro de Jornais.

Em seu discurso, Serra disse que o PT se utiliza da criação de conferências pagas com dinheiro de contribuintes para controlar a imprensa e criar projetos de lei. Serra citou as conferências de Comunicação, de Direitos Humanos e de Cultura, todas realizadas no governo Lula.

“Quantas pessoas podem ter participado dessas conferências? Quinze mil, 20 mil? Isso não representa o povo brasileiro. Representa muito mais o partido”, declarou Serra.

“São de frações de partidos, basicamente do PT, que é voltado a isso e elas produzem projetos de lei. Produziram cerca de 600 projetos de lei mais ou menos, que foram enviados para o Congresso e lá permanecem como ameaças”, criticou ele.

Em seguida, ele atacou a candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff, alegando que ela chegou a autorizar a inclusão dessas questões em seu plano de governo.

“O próprio PT inclui essas questões no seu programa de governo. Isso foi aprovado e não foi por engano. Foi um programa apresentado e registrado, rubricado pela própria candidata. Se leu ou não, é um problema de estilo, de relacionamento entre partido e candidatura.”

O candidato do PSDB também criticou a criação da TV Brasil e disse que o órgão representa o uso da máquina pública para formar opinião.

“Boa parte ou alguns dos blogs sujos mais importantes são mantidos inclusive com recursos desta TV Brasil feita não para ter audiência, mas para criar empregos na área de jornalismo e servir como instrumento de poder em matéria de expressão e de informação para um partido basicamente”, declarou.

Serra citou ainda os programas institucionais de governo que são veiculados na mídia, como sendo instrumentos de manipulação. Após o evento, o tucano falou aos jornalistas, mas só respondeu a uma pergunta sobre liberdade de imprensa.

PT responde

O secretário de Comunicação do PT, André Vargas,afirmou que Serra não tem “credibilidade” para criticar o partido e o governo nessa área.

“Ele não tem credibilidade para falar isso. O próprio governo de São Paulo tem uma TV chapa branca em que não se pode tocar no assunto do Metrô, por exemplo. O Serra tem tradição de pedir cabeça de jornalistas, de ligar nas redações”, declarou Vargas.

Segundo o dirigente petista, “a TV Brasil é uma TV pública. Ela não tem o objetivo de substituir outras televisões”. Para Vargas, as conferências “são colocadas publicamente, onde todo mundo tem espaço, os jornais, sindicatos, jornalistas, a sociedade civil de forma geral.”

Ele negou que o PT e o governo tentem controlar a imprensa porque, segundo afirmou, é o partido que mais se submeteu a críticas. Sobre a alteração no programa de Dilma, ele disse que ela “não tem necessidade de acolher todas as propostas do PT”.

“O PT não defende controle público, nem patrulhamento da imprensa, mas defende a imprensa livre. Vindo dele não tem nenhuma credibilidade. Não tem outro partido que se submeteu tanto à crítica da imprensa desde o seu nascedouro como o PT. Fomos criticados, às vezes até ridicularizados. Diziam que não iríamos a lugar nenhum liderados por um metalúrgico. Diziam que nossa candidata não ia crescer, que era um poste”, declarou Vargas.

O secretãrio petista pediu que Serra mencione os blogs aos quais se referiu.

“Ele tem que citar os nomes dos blogs, parar com esse tipo de conversa. A Sabesp investe na mídia em nível nacional e em blogs também. Se eventualmente eu leio e me informo muito pela internet, tem blog contra ele e a favor dele. Talvez os blogs limpos sejam aqueles que defendam ele e que atacam a Dilma. Fica difícil fechar a conta.”

Carolina Lauriano/G1
Colaborou Maria Angélica Oliveira, do G1, em São Paulo

Postado na categoria: Brasil, Mídia, Política - Palavras chave: , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

Armas contrabandeadas dos EUA fortalecem o crime organizado no Brasil
Armas contrabandeadas dos EUA fortalecem o crime organizado no Brasil

Fuzis que empoderam grupos criminosos brasileiros, do PCC às milícias

September 15, 2019, 12:56 pm
Precisamos falar sobre queimadas e incêndios florestais
Precisamos falar sobre queimadas e incêndios florestais

“Estar aqui é como participar de um filme de terror"

August 23, 2019, 11:10 am
Pesquisa revela contaminação por antibióticos em rios paranaenses
Pesquisa revela contaminação por antibióticos em rios paranaenses

Brasil é 19º maior consumidor de antibióticos do mundo,

September 16, 2019, 11:07 am
Por que quase metade do Brasil não tem acesso a rede de esgoto
Por que quase metade do Brasil não tem acesso a rede de esgoto

Apenas 52,4% dos brasileiros têm acesso à rede de esgoto

August 26, 2019, 12:48 pm
Os entraves à punição de crimes ambientais no Brasil
Os entraves à punição de crimes ambientais no Brasil

...lentidão do Judiciário e recursos infindáveis movidos por infratores contribuem

August 29, 2019, 12:43 pm
Incêndios na Amazônia ameaçam dizimar indígenas isolados
Incêndios na Amazônia ameaçam dizimar indígenas isolados

Queimadas estão devastando o Território Indígena Arariboia, na Amazônia

August 22, 2019, 2:31 pm