Eleições 2010: o debate fajuto na CNI

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

“Eu te engano e você gosta”

A sabatina dos três principais candidatos presidenciais na Confederação Nacional da Indústria apenas confirmou a semelhança entre a atual campanha e aqueles armazéns de tempos atrás, nas cidades do interior, onde o freguês encontrava tudo o que quisesse.

De fumo de rolo a açúcar, de sandálias a bananas, de tecidos a pregos, cadernos e lápis – não faltava nada a quem se debruçasse nos balcões.

Assim estão Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva nessa nova oportunidade de dirigir-se, em conjunto, a plateias específicas, como antes aos prefeitos municipais e agora aos barões da indústria.

Falam tudo o que a plateia quer ouvir, despertando aplausos nas primeiras filas e ceticismo lá no fundo.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

Ontem, cada qual por sua vez, o trio maravilhoso prometeu, com palavras distintas, menos impostos, juros mais baixos, limitação dos direitos sociais e das leis trabalhistas, reforma tributária, diminuição dos gastos do governo, redução do custo-Brasil, facilidades para as exportações e tudo o mais que a indústria reclama.

Já havia sido assim junto aos prefeitos, que chegaram ao orgasmo cívico ouvindo promessas de descentralização, aumento dos repasses federais às prefeituras e participação nos lucros do pré-sal.

Quando os candidatos comparecerem a debates com as centrais sindicais, imaginem o que irão sustentar: mais direitos sociais, intangibilidade das leis trabalhistas, jornadas de trabalho reduzidas, participação no lucro das empresas, transporte, alimentação e vestuário subsidiado para os operários e sucedâneos.

Em suma, com todo o respeito, Dilma, Serra e Marina vendem para a sociedade o slogan “eu te engano e você gosta”.

Depois, qualquer que seja o vencedor, a hora será das cobranças…

Carlos Chagas/Tribuna da Imprensa

José Mesquita

José Mesquita

Nasceu em Fortaleza,Ce. Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em Administração, Ciências da Computação e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. É consultor em Direito Digital. Participou de mais de 250 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Design Gráfico, já criou mais de 35 marcas, logotipos, logomarcas, e de livrosa de arte para empresas no Brasil e Exterior Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. Foi diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo da Ecola de Aviação Civil do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association - NAPP, Usa. É membro da Academia Fortalezense de Letras e Membro Honorário da Academia Cearense de Letras. Autor de três livros de poesias - e outros quatro ainda inéditos; uma peça de teatro; contos e artigos diversos para jornais; apresentações e prefácios de publicações institucionais; catálogos e textos publicitários. Ministra cursos gratuítos de Arte e de Computação Básica para crianças e adolescentes em centros comunitários de comunidades carentes na periferia das cidades.

Gostou? Deixe um comentário