O PIB Pífio e desculpas amarelas

nesse patamar de ruínas chamado Brasil...


De um lado, a forte recessão na Argentina e a desaceleração da economia global, sob o espectro da guerra comercial entre Estados Unidos e China, tornaram o ambiente externo menos favorável ao PIB brasileiro.
O não crescimento econômico vai trazer dificuldade de desenvolvimento ao Brasil é certo. Que a responsabilidade de mudar esse panorama é de quem está governando é fato. OS 0,4 % de crescimento muda o que? Parem de arranjar culpados para tudo, já estamos em agosto e no mínimo os “çábios” e os “falastrões” deveriam ter começado a fazer alguma coisa.

Cada vez que a crise desce mais um pouco nesse patamar de ruínas chamado Brasil, percebemos o quanto a corrupção não era somente um desvio de conduta reservado àqueles menos aptos a assegurarem a limpidez de seus comportamentos. O discurso corrente já foi o de que apenas “alguns eram corruptos”. Aos poucos, começamos a vislumbrar que quase todos eram partícipes dos esquemas corruptivos, e pior, que os esquemas corruptivos faziam parte do modus operandi da República brasileira.

No romance “Luz em Agosto”, de Willian Faulkner, o romancista estadunidense narra as estórias entrecruzadas de Lena Grove e Joe Christmas. Lena é uma branca, grávida, ludibriada pelo pai de seu filho, que disse a ela que iria para longe buscar um novo emprego e que, quando encontrasse, mandaria buscá-la. Não honrando sua palavra, Lucas Burch — pai da criança, que depois mudaria seu nome para Joe Brown para não ser encontrado — dispensou Lena ao acaso fortuito.

A história política brasileira se assemelha em alguns aspectos desse enredo. Lena representa a potencialidade que nosso povo possui. Lena é a nação brasileira, que caminha a pé entre as estradas da realidade política, uma grávida prestes a conceber uma nova geração de mentalidade diversa do rigorismo tolo do reacionarismo militarista e da atabalhoada crença relativista do socialismo moderno.

Àqueles que estão empregados, recebendo bons salários, especialmente no setor público, cabe a tarefa de arranjar trabalho para os desempregados. Há uma contradição de fundo aí.


Você leu?: A desigualdade no Brasil é medida pelos dentes


Postado na categoria: Brasil, Economia - Palavras chave: ,

Leia também:

Desmatamento em Terras Indígenas sobe 65% e alcança maior cifra em 10 anos
Desmatamento em Terras Indígenas sobe 65% e alcança maior cifra em 10 anos

A área desmatada representa 4% da perda total

December 1, 2019, 12:00 pm
Brasil vive um clima de pré-nazismo enquanto a oposição emudece
Brasil vive um clima de pré-nazismo enquanto a oposição emudece

O silêncio dos que deveriam defender a democracia pode acabar deixando o caminho aberto aos autoritários, que se sentem ainda mais fortes diante de tais silêncios

November 25, 2019, 12:49 pm
Encontro global no coração da Amazônia tenta adiar o fim do mundo
Encontro global no coração da Amazônia tenta adiar o fim do mundo

Na mitologia dos indígenas Yanomami, as borboletas saíram da borda do mundo para continuar a vida.

November 21, 2019, 12:19 pm
Incêndios Florestais:Incêndios na Amazônia derretem geleiras andinas
Incêndios Florestais:Incêndios na Amazônia derretem geleiras andinas

Agora, cientistas brasileiros e franceses ligaram os pontos

November 29, 2019, 11:54 am
Organizações que atuam na Amazônia relatam medo e intimidação
Organizações que atuam na Amazônia relatam medo e intimidação

Ainda o aumento das invasões de terras indígenas. Na última semana, eles denunciavam em Brasília o aumento das invasões de madeireiros e garimpeiros nas terras indígenas, que ainda aguardam demarcação.

December 3, 2019, 12:30 pm
O agrotóxico que matou 50 milhões de abelhas em Santa Catarina em um só mês
O agrotóxico que matou 50 milhões de abelhas em Santa Catarina em um só mês

A substância foi proibida em países como Vietnã, Uruguai e África do Sul

November 21, 2019, 12:37 pm