Diário do Apocalipse – O olhar de fora da bolha – 24/07/2021

Atualizado todo dia o dia todo

Diário do Apocalipse

  1. O “nazismo é de esquerda”, mas a neonazista é defendida pela deputada de direita. Já foi dito que o patriotismo é o último refúgio do canalha (S. Johnson). O pior pulha é capaz de defender a pátria e a família. E há cretinos de todos os credos, que os defendem mesmo com sangue.
    Em carta enviada ao presidente da Confederação Israelita do Brasil, Bia Kicis diz que a deputada neonazista alemã Beatrix Von Storch “é uma defensora dos valores judaico-cristãos, e da família e luta pela soberania de sua Pátria”
  2. Existiam cientistas ao lado de Hitler. E existem também pretensos cientistas que nem de longe o são. E ambos podem ser participantes ou protagonistas de um genocídio. E foram. E são.
  3. Sobre Arthur Lira: O que sai da boca dessa casta não vale um tostão furado. A palavra de um apontador de jogo de bicho tem muito mais credibilidade porque Vale o Escrito. Essas declarações e promessas mirabolantes não valem o que o gato enterra servem apenas como manchetes bravateiras.
  4. Doria descarta cristianização e chama Bolsonaro de ‘psicopata’: ‘Anormal’
  5. Em momento de crise, “Igreja” Universal S/A perde quase 3.000 pastores e bispos
  6. Encontro de deputados bolsonaristas com parlamentar alemã nazista é deplorável. Combinam em tudo, xenofobia, discurso de ódio e postura antidemocrática. Não podemos deixar esse tipo se política se consolidar por aqui. O Brasil precisa livrar-se de Bolsonaro e do bolsonarismo.

Mais artigos

Meio Ambiente

O Brasil é um exemplo aberrante de tudo o que se pode fazer conta o meio ambiente. Se a ONU não reagir, agora na ida