loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Crise Mundial ? – Em Fortaleza as vendas de carros importados cresceram! terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Como cantava o nosso saudoso ” Luíz Gonzaga – O Rei do Baião”

..”No Ceará não tem disso não,
Não tem disso não, não tem disso não
No Ceará não tem disso não,
Não tem disso não, não tem disso não
Não, não, não,
No Ceará não tem disso não,
Não, não, não,
No Ceará não tem disso não”…

Eta povo arretado!!!

Em Fortaleza, as concessionárias de veículos importados comemoram os bons resultados de 2008., Foi um ano de mercado aquecido, incremento de vendas de até 95% e apenas leves reflexos da crise financeira mundial. Há revendas que já têm unidades negociadas para fevereiro de 2009, o que aponta manutenção do cenário positivo.

De acordo com William Citó Ramalho, gerente comercial da Mitsubishi (Nissei), que revende os modelos japoneses Pajero Foll e Outland, em Fortaleza, ´aqui, nós não estamos em crise´. ´Temos compra programada até fevereiro, principalmente da Pajero, que tem pedidos antecipados na fábrica´.

Ramalho informou que, em 2008, foram negociados 212 carros, um crescimento que chega a 15% em relação ao ano anterior. Quanto ao preço, ele disse que se manteve estável durante quase o ano todo, somente nos últimos meses quando houve reajuste em torno de 8%. ´As expectativas para 2009 são muito boas, vários clientes estão procurando para fechar pedidos a partir de 15 de fevereiro. Estamos aguardando os modelos novos´, disse.

Na Extrema, revenda da montadora inglesa Land Rover e da sueca Volvo, o balanço do ano e as projeções para 2009 são bastantes animadores. Depois de experimentar acréscimo de vendas de 95% frente a 2007 — com 180 unidades vendidas — a empresa estima melhorar os resultados este ano, segundo a gerente comercial Jorgeanne Melo.

NA NEWLAND
Redução de IPI deve manter aquecimento

Embora a crise tenha ocasionado retração no consumo de automóveis e outros bens — no último trimestre do ano passado —, o mercado de importado aumentou cerca de 20%, na Newland Veículos(Ceará e Piauí), em relação a 2007. Na avaliação de Ronaldo Munhoz, diretor-superintendente da concessionária, ´as recentes medidas do governo federal, reduzindo o IPI e com os bancos reativando as linhas de crédito, o mercado melhorou em dezembro´, mencionou.

Segundo Munhoz, o objetivo da empresa é comercializar 3.000 veículos por ano. ´ 2008 foi muito bom para o setor automotivo, houve estagnação durante a crise de crédito mas retomou com as medidas governamentais´. Quanto aos preços, explicou que ´os aumentos básicos não chegaram a 2% no acumulado´. ´Atualmente, estamos praticando preços inferiores a 2007 devido a redução temporária da alíquota do IPI´.

Para 2009, as expectativas são positivas. Está sendo concluída a nova unidade da Newland em Fortaleza, dotada de oficina de funilaria e pintura para 250 veículos por mês, com moderna linha de produção de re-pintura automotiva com tinta ecológica à base d’água; oficina mecânica para frotistas e governo; e uma loja de semi-novos, trazendo mais conforto e comodidade aos clientes.

No País

Segundo a Abeiva, por marcas, a BMW fechou o ano com 2.906 unidades (+7,35%), Chana com 352, Chrysler com 1.749, CN Auto com 370, Dodge com 1 553, Effa Motors com 487, Ferrari com 29 (-3,33%), Jeep com 404, Kia Motors com 20.900 (+132,09%), Maserati com 25 (0%), Pagani com 0, Porsche com 723 (+57,52%), SsangYong com 1.698 (+540,75%) e Suzuki com 546 unidades.

Henning Dornbusch, presidente da Abeiva, não fará projeções de vendas, em razão do desaquecimento da economia. Ele ressalta que cada associada está reavaliando o planejamento para o ano. ´Vamos aguardar o comportamento do mercado no primeiro trimestre´.

do Diário do Nordeste

Compartilhe a informação:

admin

Administrado do sistema do blog!

# # # # # # # # # #

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil