Censura: blogs na Itália ameaçados por projeto de lei


Contra a censura. Sempre!
Do ponto de vista do direito dos cidadãos, a cidadania está ameaçada com a existência de qualquer tipo de censura, pois ofende direitos fundamentais do ser humano, entre eles, a liberdade de opinião, de crítica ou da maneira de pensar e de viver.
O Editor 


Blogueiros protestam contra projeto de lei

Blogueiros italianos farão um protesto nesta quinta-feira, 29, em Roma, contra um projeto de lei que o líder da oposição Paolo Gentiloni, do partido Democrata, chamou de “medida fascista”, que os tornará passíveis de multas de até 12 mil euros (o equivalente a quase 30 mil reais).

A proposta quer impedir o direito da mídia italiana de publicar transcrições de telefonemas reunidos durante investigações criminais.

Críticos alegam que o projeto foi criado pelo governo do primeiro-ministro Silvio Berlusconi para protegê-lo de escândalos.

No começo do mês, a mídia fez uma extensa cobertura sobre um relatório de promotores que investigavam um empresário que teria, supostamente, enviado prostitutas para diversas festas de Berlusconi.

O relatório incluía transcrições nas quais o primeiro-ministro discutia a quantidade e qualidade das mulheres, e se gabava de ter tido relações sexuais com oito em uma única noite.

A proposta, que deve começar a ser votada no parlamento na próxima semana, tem uma cláusula que coloca blogs no mesmo nível de sites de notícias.

Além disso, estipula que qualquer um que acredite ter sido difamado ou mal representado em um blog possa ter direito de resposta – que deverá ser cumprido em um prazo de 48 horas.

Em caso de recusa, o blogueiro pode ser multado.

No ano passado, o governo de Berlusconi fez uma proposta semelhante, mas que não foi aprovada.

Para Antonio Di Pietro, líder do partido anti-corrupção Itália de Princípios, o projeto é um insulto à liberdade e à democracia.

Informações de John Hooper/The Guardian
Tradução de Larriza Thurler/edição: Leticia Nunes


Postado na categoria: Comportamento, Internet - Palavras chave: , , , , , , , , ,