Bertold Brecht – Poesia – Literatura


Aqueles dois
Bertold BrechtAntonio Palmerini,Blog do Mesquita,Artes,Fotografia

Andaram lado a lado
Cheios de doçuras a dizer
Mas como era duro dizer
Falaram do tempo frio
De como tudo é inútil
E calaram o que sentiam…

Os anos se passaram
E aqueles dois
sentindo o tempo passar
Não disseram o que queriam

Fotografia de Antonio Palmerini


Você leu?: Thomas Hobbes – Leviatã – Extrato


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

José Mesquita - O ofício da paixão
José Mesquita - O ofício da paixão

Um só poema/Para te fazer sonhar

October 9, 2019, 7:00 pm
Joaquim Pessoa - É provável que ainda a ame
Joaquim Pessoa - É provável que ainda a ame

...para cingir-lhe os braços, os seios e as ancas.

September 16, 2019, 6:35 pm
Martha Medeiros - Versos de amor
Martha Medeiros - Versos de amor

Versos de amor Martha Medeiros De todos os versos de amor as rimas e frases reinventadas as jogadas de efeito os subterfúgios e os hai-kais anotações de diário de todos...

October 13, 2019, 6:57 pm
John Locke - Como a justiça dá a todo homem um título
John Locke - Como a justiça dá a todo homem um título

A caridade dá a todo homem um título à totalidade...

October 13, 2019, 7:05 pm
Pablo Neruda - Para não deixar de te amar nunca
Pablo Neruda - Para não deixar de te amar nunca

O fogo tem uma metade de frio

October 10, 2019, 8:15 pm
O Deus de Schopenhauer
O Deus de Schopenhauer

Quando, elevando-se pela força da inteligência, se renuncia a considerar

October 7, 2019, 11:00 am