Assange: em defesa do fundador da Wiki Leaks


Garzón ameaça levar caso Assange a tribunal da ONU
Mulher protesta contra as autoridades britânicas com imagem de Assange em frente à embaixada do Equador em Londres
Mulher protesta contra as autoridades britânicas com imagem de Assange em frente à embaixada do Equador em Londres – Fotografia © Reuters

Conhecido juiz espanhol e atual advogado de defesa de Julian Assange, Baltasar Garzón ameaça levar o caso do fundador da WikiLeaks ao Tribunal Internacional de Justiça (TIJ) das Nações Unidas caso o Reino Unido não permita ao seu cliente deixar o país depois de o Equador lhe ter concedido asilo político

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]Em declarações hoje publicadas pelo jornal ‘El País’, Garzón assegurou que os britânicos são obrigados a deixar sair do país o seu cliente.

“O que tem que fazer o Reino Unido é aplicar as obrigações diplomáticas da Convenção do Refugiado e deixá-lo sair dando-lhe salvo-conduto. Caso contrário, recorreremos para o Tribunal Internacional de Justiça”.

Garzón criticou a dureza da atitude do Reino Unido e as ameaças de “invasão” da embaixada do Equador em Londres, na qual Assange, de 41 anos, está refugiado há dois meses e recordou que este país tem que cumprir a Convenção do Refugiado e respeitar “o risco que corre uma pessoa vítima de perseguição política”.

Assange é acusado de abuso sexual e violação de duas mulheres na Suécia, mas o Equador justificou a sua decisão de lhe conceder asilo político com o facto de não haver garantias de que o ex-pirata informático, de origem australiana, não acabará por ser enviado para os Estados Unidos e eventualmente condenado à morte.


Você leu?: Calha Norte: gado adentra maior área protegida de floresta tropical do mundo


A WikiLeaks de Assange foi responsável pela divulgação de milhares de telegramas diplomáticos norte-americanos na internet, embaraçando Washington e outros governos.

Ex-juiz da Audiencia Nacional, Garzón ficou famoso por casos como o mandado internacional contra o ditador chileno Augusto Pinochet, que foi detido em Londres, em 1998, ainda pela ilegalização do Batasuna, que considerou a ala política da ETA, pela investigação dos GAL (Grupos Antiterrorista de Libertação), entre outros.

Atualmente encontra-se suspenso em Espanha por causa de escutas ilegais no âmbito do caso de corrupção Gürtel, tendo causado também grande polémica por ter querido investigar os crimes da época da ditadura franquista em Espanha. Agora é consultor do Tribunal Penal Internacional e, recentemente, aceitou defender Assange.
Patrícia Viegas /DNGlobo

Postado na categoria: Padrão - Palavras chave: , , , , , , , , , ,

Leia também:

Oumaima Fazrah. E basta!
Oumaima Fazrah. E basta!

Para encantar olhos e aquecer corações

August 10, 2019, 6:29 pm
Calha Norte: gado adentra maior área protegida de floresta tropical do mundo
Calha Norte: gado adentra maior área protegida de floresta tropical do mundo

Nós estamos falando do maior bloco de áreas protegidas do mundo,

August 19, 2019, 11:40 am
Magdalenna Fiorazzi. E basta!
Magdalenna Fiorazzi. E basta!

O belo é o esplendor da ordem. Aristóteles

August 6, 2019, 8:45 pm
Eugênio de Andrade - Fragmento do Homem
Eugênio de Andrade - Fragmento do Homem

Desamparado até à medula...

August 3, 2019, 4:41 pm
Poluição - Meio Ambiente - 5 Fotos
Poluição - Meio Ambiente - 5 Fotos

A natureza não faz nada em vão. Aristóteles

August 10, 2019, 12:00 pm
Miguel Esteves Cardoso - Não Há Amor como o Primeiro
Miguel Esteves Cardoso - Não Há Amor como o Primeiro

Há amores melhores, mas são amores cansados

August 22, 2019, 7:16 pm