Arthur Schopenhauer


A Felicidade Pertence aos que se Bastam a si Próprios

Cada um deve ser e proporcionar a si mesmo o melhor e o máximo. Quanto mais for assim e, por conseguinte, mais encontrar em si mesmo as fontes dos seus deleites, tanto mais será feliz. Com o maior dos acertos, diz Aristóteles: A felicidade pertence aos que se bastam a si próprios. Pois todas as fontes externas de felicidade e deleite são, segundo a sua natureza, extremamente inseguras, precárias, passageiras e submetidas ao acaso; podem, portanto, estancar com facilidade, mesmo sob as mais favoráveis circunstâncias; isso é inevitável, visto que não podem estar sempre à mão. 
Na velhice, então, quase todos se esgotam necessariamente, pois abandonam-nos o amor, o gracejo, o prazer das viagens, o prazer da equitação e a propensão para a sociedade. Até os amigos e parentes nos são levados pela morte. É quando, mais do que nunca, importa saber o que alguém tem em si mesmo. Pois isso se conservará por mais tempo. Mas também em cada idade isso é e permanece a única fonte genuína e duradoura da felicidade. Em qualquer parte do mundo, não há muito a buscar: a miséria e a dor preenchem-no, e aqueles que lhes escaparam são espreitados em todos os cantos pelo tédio. Além do mais, via de regra, impera no mundo a malvadez, e a insensatez fala mais alto. O destino é cruel e os homens são deploráveis. Num mundo com tal índole, aquele que tem muito em si mesmo assemelha-se ao iluminado recanto de Natal, aquecido e aprazível no meio da neve e do gelo da noite de dezembro. Por conseguinte, ter uma individualidade meritória e rica e, em especial, muita inteligência, é sem dúvida a sorte mais feliz sobre a terra, por mais diversa que possa ser da sorte mais brilhante. 

Arthur Schopenhauer, in ‘Aforismos para a Sabedoria de Vida’

Postado na categoria: Filosofia, Literatura - Palavras chave: , ,

Leia também:

Schopenhauer - Literatura - O Homem; Um Ser Egoísta
Schopenhauer - Literatura - O Homem; Um Ser Egoísta

O Homem - Um Ser Egoísta O motor principal e fundamental no homem, bem como nos animais, é o egoísmo, ou seja, o impulso à existência e ao bem-estar. [...]...

March 10, 2019, 7:07 pm
Robert Musil - Filosofia
Robert Musil - Filosofia

A Superficialidade dos Grandes Espíritos Não há nada de mais perigoso para o espírito do que a sua relação com as grandes coisas. Alguém deambula por uma floresta, sobe a...

April 29, 2018, 10:20 am
Jean Jacques Rousseau - O Ciclo do Progresso
Jean Jacques Rousseau - O Ciclo do Progresso

Da sociedade e do luxo que ela engendra, nascem as artes liberais

June 17, 2019, 6:20 pm
Maurice Merleau-Ponty - Literatura
Maurice Merleau-Ponty - Literatura

O Eterno é a Própria Vida Segundo a expressão de Lavelle, a morte dá «a todos os acontecimentos que a precederam esta marca do absoluto que nunca possuiriam se não...

February 14, 2019, 6:36 pm
Bertrand Russel
Bertrand Russel

A Felicidade Provém da Plena Posse das Suas Faculdades O ódio à razão, tão frequente nos nossos dias, é devido em grande parte ao facto dos movimentos da razão não...

June 24, 2018, 10:18 am
É Froidi - Picles & Drops
É Froidi - Picles & Drops

O Poderoso Queiroz! Faltou novamente. Será qual a cortina de fumaça que vão jogar agora? Quarta foi a soltura de presos da segunda instância Esse aprendeu direitinho a tática do...

December 24, 2018, 10:47 am