Antônio Ramos Rosa – Versos na tarde – 17/05/2018


Estou vivo e escrevo o sol.
António Ramos Rosa

Eu escrevo versos ao meio-dia
e a morte ao sol é uma cabeleira
que passa em frios frescos sobre a minha cara de vivo
Estou vivo e escrevo sol

Se as minhas lágrimas e os meus dentes cantam
no vazio fresco
é porque aboli todas as mentiras
e não sou mais que este momento puro
a coincidência perfeita
no acto de escrever e sol

A vertigem única da verdade em riste
a nulidade de todas as próximas paragens
navego para o cimo
tombo na claridade simples
e os objectos atiram suas faces
e na minha língua o sol trepida

Melhor que beber vinho é mais claro
ser no olhar o próprio olhar
a maravilha é este espaço aberto
a rua
um grito
a grande toalha do silêncio verde


Você pode se interessar também sobre: Renata Bomfim – Poesia


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , ,

Leia também:

Reflexão na noite
Reflexão na noite

O Amolecimento pela Sociedade de Consumo Nos países subdesenvolvidos, a arte (literatura, pintura, escultura) entra quase sempre em conflito com as classes possidentes, com o poder instituído, com as normas...

October 14, 2018, 12:00 am
Pedro Kilkerry - Versos na tarde - 26/03/2016
Pedro Kilkerry - Versos na tarde - 26/03/2016

É o silêncio Pedro Kerry¹ É o silêncio, é o cigarro e a vela acesa. Olha-me a estante em cada livro que olha. E a luz nalgum volume sobre a...

March 26, 2016, 9:00 pm
Carlos Drummond de Andrade - Versos na tarde
Carlos Drummond de Andrade - Versos na tarde

O amor e seu tempo Carlos Drummond de Andrade ¹ Amor é privilégio de maduros Estendidos na mais estreita cama, Que se torna a mais larga e mais relvosa, Roçando,...

February 1, 2011, 9:00 pm
Walt Whitman - Versos na tarde - 05/01/2014
Walt Whitman - Versos na tarde - 05/01/2014

Poema Walt Whitman¹ O dito e o escrito não provam quem sou. Trago a plena prova e todo o resto em meu rosto. Com meus lábios calados confundo o maior...

January 5, 2014, 9:00 pm
Platão - Frase do dia - 27/09/2016
Platão - Frase do dia - 27/09/2016

"O que ouço, sei; o que vejo, lembro; e o que faço, sei." Platão

September 27, 2016, 10:00 am
Fotografias - Flagrantes - Insensatez
Fotografias - Flagrantes - Insensatez

A Marcha da Insensatez - Benghazi, Líbia - Março, 2011 Foto: Tara Todras-Whitehall/AP Tenho ao longo desses 6 anos do blog recebido perguntas sobre o porquê dos títulos de algumas seções....

March 12, 2011, 10:22 am