Anne Sexton – Poesia

Seu negócio é observar minhas palavras

Boa noite.
Disse a poeta ao analista
Anne Sexton

Meu negócio são as palavras. Elas são como rótulos,
moedas, ou, melhor ainda, um enxame de abelhas.
Confesso que apenas a fonte das coisas me arrebenta,
contar palavras como se fossem abelhas mortas no sótão,
desprovidas dos olhos amarelos e das asas secas.
Preciso esquecer sempre como uma palavra consegue
pegar uma outra, manejar uma outra, até que eu tenha
algo que poderia ter dito…
mas não disse.

Seu negócio é observar minhas palavras. Mas eu
não admito nada. Faço o meu melhor, por exemplo,
quando escrevi o elogio do caça-níquel
aquela noite em Nevada; contando como o prêmio mágico
veio no tintinar de três sinos, na tela da sorte.

Mas se você disser que não é bem assim,
então fico fraca, lembrando como minhas mãos estavam estranhas
e ridículas e carregadas com todo aquele
dinheiro de faz-de-conta.

Pintura de Alice Leach

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e designer gráfico e digital.

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me