Alphonsus de Guimaraens Filho – Nenhum poema se faz de matéria abstrata – Poesia – Literatura


O Poeta e o Poema
Alphonsus de Guimaraens FilhoArte,Pintura,Blog do Mesquita

Nenhum poema se faz de matéria abstrata.
É a carne, e seus suplícios,
ternuras,
alegrias,
é a carne, é o que ilumina a carne, a essência,
o luminoso e o opaco do poema.

Nenhum poema. Nenhum pode nascer do inexistente.
A vida é mais real que a realidade.
E em seus contrastes e seqüelas, funda
um reino onde pervagam
não a agonia de um, não o alvoroço
de outro,
mas o assombro de todos num caminho
estranho
como infinito corredor que ecoa
passos idos (de agora,
e de ontem e de sempre),
passos,
risos e choros — num reino
que nada tem de utópico, antes
mais duro do que rocha,
mais duro do que rocha da esperança
(do desespero?),
mais duro do que a nossa frágil carne,
nossa atônita alma,
— duros pesar de seu destino, duros
pesar de serem só a hora do sonho,
do sofrimento,
de indizível espanto,
e por fim um silêncio que arrepia
a epiderme do acaso:
E por fim um silêncio… Nenhum poema
se tece de irreais tormentos. Sempre
o que o verso contém é um fluir de sangue
no coração da vida,
no pobre coração da vida, aqui
paralisado, além
nascente no seu ímpeto de febre,
no coração da vida,
no coração da vida,
(da morte?)
e um frio antigo, e as bocas
cerradas, olhos cegos,
canto urdido de cantos sufocados,
e uma avenida longa, longa, longa,
e a noite,
e a noite,
e, talvez, um sublime amanhecer.


Você leu?: Francisco Carvalho – Discurso da Ira


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

‘Gota d’água’: a Medeia de Chico Buarque em nova edição
‘Gota d’água’: a Medeia de Chico Buarque em nova edição

Medeia de Eurípedes é uma das primeiras manifestações artísticas

November 2, 2019, 12:02 pm
Tolstói x Dostoiévski: quem domina o barraco?
Tolstói x Dostoiévski: quem domina o barraco?

Quais obras você exibiria com orgulho na mesa?

October 20, 2019, 12:00 pm
Quando Nietzsche chorou - Literatura
Quando Nietzsche chorou - Literatura

Reflita para que não pensem por você.

November 11, 2019, 6:58 pm
Konstantinos Kaváfis - À Espera dos Bárbaros - Poesia
Konstantinos Kaváfis - À Espera dos Bárbaros - Poesia

O que esperamos na ágora reunidos?

October 20, 2019, 6:36 pm
Ezhequiel Queiróz - Paixão é um lobo - Poesia
Ezhequiel Queiróz - Paixão é um lobo - Poesia

Quando este grito, esta traça

October 31, 2019, 6:33 pm
Albert Camus - Envelhecer - Literatura
Albert Camus - Envelhecer - Literatura

Envelhecer é o único meio de viver muito tempo. Albert Camus

November 7, 2019, 8:03 pm