Almada Negreiros – Poesia


Canção da Saudade
Almada NegreirosArtes Plásticas,Blog do Mesquita,Hinke Schreuders

Se eu fosse cego amava toda a gente.
Não é por ti que dormes em meus braços que sinto amor.
Eu amo a minha irmã gêmea que nasceu sem vida,
e amo-a a fantasiá-la viva na minha idade.
 
Tu, meu amor, que nome é o teu?
Dize onde vives, dize onde moras,
dize se vives ou se já nasceste.
 
Eu amo aquela mão branca dependurada
da amurada da galé que partia em busca
de outras galés perdidas em mares longuíssimos.
 
Eu amo um sorriso que julgo ter visto
em luz do fim-do-dia por entre as gentes apressadas.
 
Eu amo aquelas mulheres formosas
que indiferentes passaram a meu lado
e nunca mais os meus olhos pararam nelas.
 
Eu amo os cemitérios – as lajens são espessas
vidraças transparentes, e eu vejo deitadas
em leitos floridos virgens nuas,
mulheres belas rindo-se para mim.
 
Eu amo a noite, porque na luz fugida
as silhuetas indecisas das mulheres
são como as silhuetas indecisas das
mulheres que vivem em meus sonhos.
Eu amo a lua do lado que eu nunca vi.
 
Se eu fosse cego amava toda a gente.
Pintura de Hinke Schreuders

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , ,

Leia também:

Theófilo Silva - Reflexões na tarde - 18/01/2014

Os Passionais Theófilo Silva¹ "Paixão... Tornas possíveis as coisas que não são consideradas possíveis. Tu te comunicas com os sonhos... Ages de acordo com o irreal e fazes do nada...

January 18, 2014, 9:00 pm
Samuel Beckett - Versos na tarde

Instante Samuel Beckett ¹ Que faria eu sem este mundo sem rosto sem questões Quando o ser só dura um instante onde cada instante Se deita sobre o vazio dentro...

March 12, 2012, 9:00 pm
Christopher Marlowe - Versos na tarde - 18/07/2017

Quem que sempre amou não amou à primeira vista? Christopher Marlowe¹ Em nosso poder não está amar ou odiar, Pois o fado invalida o nosso desejar. Quando dois se despem,...

July 18, 2017, 9:00 pm
Walt Whitman - Versos na tarde - 31/12/2015

O Próprio Ser Eu Canto Walt Whitman¹ O próprio ser eu canto: Canto a pessoa em si, em separado ─ embora use a palavra Democracia e a expressão Massa. Eu...

December 31, 2015, 9:00 pm
Fotografias - Flagrantes - A marcha da insensatez

A Marcha da Insensatez ¹ – Líbia Foto: Mohammed Salem/Time  clique na imagem para ampliar ¹ Tenho ao longo desses 6 anos do blog recebido perguntas sobre o porquê dos...

July 21, 2011, 12:44 pm
Baudelaire - Versos na tarde

Tristeza da lua Charles Baudelaire ¹ Divaga em meio à noite a lua preguiçosa; Como uma bela, entre coxins e devaneios, Que afaga com a mão discreta e vaporosa, Antes...

September 26, 2009, 9:00 pm