Alerta constata uma epidemia de desmatamento em todo o país

Clique aqui para ler


Aquecimento Global,Meio Ambiente,Biodiversidade,Desmatamento,Poluição
O desmatamento não está limitado à Amazônia. Entre outubro do ano passado e o último março, foram registrados mais de 4.500 alertas de perda de vegetação nativa em todo o país, dos quais quase 1.500 na Amazônia. Os demais alertas vêm de todos os biomas e aconteceram em todos os 26 estados e em 22% dos mais de 5.570 municípios. O total da área atingida foi de quase 1.000 km2.

Praticamente todos esses alarmes aconteceram em áreas onde o desmatamento é proibido ou sem a devida autorização. Metade aconteceu em áreas da União: Unidades de Conservação, Terras Indígenas e Quilombolas e em áreas devolutas. Apenas 5% dos alarmes apontaram para áreas de propriedade privada que tinham a autorização para desmatar.MapBiomas,Amazônia,Desmatamento,Meio Ambiente,Ecologia,Blogdomesquita

Os alarmes foram emitidos pela plataforma MapBiomas Alerta, lançada na 6a feira passada.

O sistema analisa imagens de quatro fontes para emitir os alertas. São três cobrindo a Amazônia:

– DETER/INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais);


Você pode se interessar também sobre: Por que o Brasil deveria se importar com a morte de abelhas


– SIPAMSar/Censipam, onde SAR (Radar de abertura sintética) equipa satélites que “enxergam” através das nuvens que cobrem a Amazônia durante a metade chuvosa do ano; e

– SAD/Imazon.

O restante do país é coberto pelo:

– GLAD da Universidade de Maryland.

O sistema reconhece quando há uma mudança na vegetação e identifica o polígono onde, antes, havia vegetação nativa. Cruza-se as coordenadas do polígono com o Cadastro Ambiental Rural para saber se são terras da União ou propriedades privadas.

E, neste último caso, se ocorreu em área de Reserva Legal ou de Proteção Permanente. Se configurado, o sistema, então, emite um alarme identificando o local exato e o proprietário da área.

Quando for configurada uma operação ilegal, o sistema emite um laudo para ser usado pelas equipes de fiscalização.

Postado na categoria: Agricultura, Agro Tóxico, Água, Alimentos, Amazônia, Ambiente & Ecologia, Brasil, Crimes Cibernéticos, Natureza - Palavras chave: , , , , , , , ,

Leia também:

Exportações impulsionam desmatamento no Brasil e Indonésia
Exportações impulsionam desmatamento no Brasil e Indonésia

Plantação de palmeiras para produção de óleo na Malásia, um dos maiores produtores mundiais. Estudo afirma que um terço do CO2 liberado pelo desmatamento está ligado às exportações de commodities,...

April 18, 2019, 11:26 am
Sai extrativista, entra boi: a lei do mais forte em uma reserva extrativista de Rondônia
Sai extrativista, entra boi: a lei do mais forte em uma reserva extrativista de Rondônia

"Acabou tudo", observa Laudicéia, as mãos protegendo a visão do sol forte. A pequena casa de madeira, distante alguns metros, já vai sendo invadida pela vegetação. O local onde ela...

February 21, 2019, 11:15 am
Governo brasileiro liberou registros de agrotóxicos de alta toxidade
Governo brasileiro liberou registros de agrotóxicos de alta toxidade

Entre eles está o Sulfoxaflor, que já foi acusado de exterminar as abelhas nos EUA. A substância Sulfoxaflor causou polêmicas e chegou a ser proibida nos Estados Unidos PIXABAY  A liberação...

January 23, 2019, 11:57 am
Justiça europeia exige acesso público a estudos sobre glifosato
Justiça europeia exige acesso público a estudos sobre glifosato

Agência alimentar europeia argumentava que tornar públicos seus levantamentos sobre efeitos do controverso herbicida sobre a saúde humana e o meio ambiente contrariava interesses comerciais de empresas produtoras. Uma corte...

March 13, 2019, 11:10 am
É Freud - Picles & Drops
É Freud - Picles & Drops

O título de imbecil do ano, vai por imensurável mérito ao ator José de Abreu que se auto proclamou Presidente do Brasil. Comparar o Brasil, apesar dos Bozos, idólatras e...

February 26, 2019, 12:00 pm
Boi sem vestígio
Boi sem vestígio

Gado com brinco de rastreamento individual. Fazenda em Paragominas, Pará. Foto: Fábio Nascimento. Em janeiro de 2002, o então ministro da Agricultura Pratini de Moraes começava o ano anunciando a...

February 19, 2019, 11:34 am