Academia Nacional de Medicina propõe ação contra decreto da pílula do câncer


O presidente da Academia Nacional de Medicina, professor Francisco Sampaio, propôs nesta quinta-feira (14) em sessão plenária uma ação contra o decreto da presidente Dilma Rousseff, assinado na quarta-feira (13), sobre a pílula do câncer.

Fosfoetanolamina Sintética,Pílula do Câncer,Blog do Mesquita

Cabe ação contra a presidente Dilma Rousseff junto ao Supremo Tribunal Federal por crime de responsabilidade com a saúde pública.

A Academia Nacional de Medicina encaminhou, na quinta-feira (14), uma carta à presidente Dilma na qual alerta para os riscos da “pílula contra o câncer”, a fosfoetanolamina, cuja permissão de uso foi sancionada.

O presidente da ANM, Francisco Sampaio, alertou para os riscos da medicação: “Diversos órgãos e entidades científicas, como Anvisa, USP e a Academia Nacional de Medicina, indicaram que a presidente tinha o dever de vetar este projeto equivocado, que coloca em risco o tratamento correto e, portanto, a saúde dos doentes, além de abrir grave precedente ao controle de medicamentos no Brasil, colocando nosso país em situação de inferioridade científica e de controle sanitário.” [ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Veja a carta:


Você pode se interessar também sobre: Eleições 2010 – TSE manda Google quebrar sigilo de site pró-Dilma


Excelentíssima Presidente Dilma Rousseff comete equívoco contra saúde, talvez por mal aconselhamento

Hoje, dia 14 de abril de 2016, pedimos a reflexão da Vossa Excelência, Presidente Dilma Rousseff, para que esta data não se torne trágica por contradizer a ciência e a inteligência brasileiras.Contrariando todas as atitudes e manifestações das áreas competentes, foi sancionada pela Senhora Presidente Dilma Rousseff a lei que permite o uso da “pílula do câncer”. A lei, à revelia da Anvisa, permite o uso da fosfoetanolamina por pacientes com câncer, independentemente do tipo celular, órgão afetado e estagio clinico do tumor. 

Diversos órgãos e entidades científicas, como Anvisa, USP e a Academia Nacional de Medicina, indicaram que a presidente tinha o dever de vetar este projeto equivocado, que coloca em risco o tratamento correto e, portanto, a saúde dos doentes, além de abrir grave precedente ao controle de medicamentos no Brasil, colocando nosso país em situação de inferioridade científica e de controle sanitário. 

Lembrando que o Supremo Tribunal Federal (STF) através do excelentíssimo senhor presidente, Ricardo Lewandowski, já havia autorizado a Universidade de São Paulo (USP) a interromper o fornecimento da substância fosfoetanolamina sintética a pacientes com câncer. Na sua petição de suspensão de tutela antecipada, a USP afirma que a liberação da substância “cuja eficácia, segurança e qualidade são incertas” coloca em risco a saúde dos pacientes.

A Academia Nacional de Medicina lembra ainda que a USP entrou com processo contra o professor aposentado do Instituto de Química da USP de São Carlos, Gilberto Chierice, que coordenava os estudos sobre a fosfoetanolamina e distribuía as pílulas, num ato típico de exercício ilegal da medicina, pois nem médico é. A USP representou contra o professor aposentado pelos crimes contra a saúde pública e curandeirismo. Além disso, a USP também fechou o laboratório que produzia a “pílula do câncer”. 

Contra todos que cientificamente somos conhecedores da matéria, a senhora Presidente Dilma Rousseff sancionou sem vetos esta lei que agride a nossa comunidade médica e científica e poderá colocar em risco a saúde dos doentes. 

Como presidente da Academia Nacional de Medicina, bicentenária instituição científico cultural mais antiga do Brasil, que reúne e sempre reuniu, com humildade, quase toda a excelência da medicina brasileira, vou propor em assembleia com todos os acadêmicos, o direito, se couber, de nossa entidade ajuizar contra determinação legal que, torno a reafirmar como todos já disseram, ser danosa ao paciente.

Francisco J.B. Sampaio

Presidente

Postado na categoria: Brasil, Comportamento - Palavras chave: , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

Brasil - Da série
Brasil - Da série "O tamanho do buraco" - Cultura? Cadê?

Inflamados de Galvões, Jabores, Faustões e BigBrothers, os brasileiros patinam no analfabetismo mental. Também, pudera! Olhem só os dados obtidos pelo IBGE no último censo. 1. Relação do número de...

August 18, 2016, 10:25 am
Brasil é exemplo de sucesso na redução do desmatamento, diz relatório
Brasil é exemplo de sucesso na redução do desmatamento, diz relatório

Brasil foi citado em relatório por redução do desmatamento Um relatório divulgado nesta quinta-feira na reunião da ONU sobre mudanças climáticas que ocorre em Bonn, na Alemanha, destaca o Brasil...

June 5, 2014, 10:57 am
O cartel do Metro de São Paulo. E a mentira tem pernas curtas
O cartel do Metro de São Paulo. E a mentira tem pernas curtas

Na semana passado o Ministro Eduardo Cardoso, da Justiça, foi desancado pelas lideranças do PSDB, que o acusarem de ter distribuído à Polícia Federal um documento apócrifo, coma mentirosas acusações contra membros do...

December 12, 2013, 11:33 am
Tópicos do dia - 15/04/2012
Tópicos do dia - 15/04/2012

09:23:54 Brasil: da série " me engana que eu gosto", ou "arre égua!!!" PMDB pode indicar Jucá para presidente da CPI A cúpula do PMDB tenta convencer o ex-líder do...

April 15, 2012, 12:26 pm
O STF e a incerteza jurídica
O STF e a incerteza jurídica

Ao discutir um recurso no qual o governo italiano pedia esclarecimento de dúvidas constantes do texto que resume o julgamento do ex-ativista italiano Cesare Battisti, o Supremo Tribunal Federal (STF)...

December 22, 2009, 10:05 am
Lei de Imprensa - Maioria do STF vota pela revogação da lei
Lei de Imprensa - Maioria do STF vota pela revogação da lei

Maioria dos ministros do STF vota pela revogação da Lei de Imprensa Placar ainda não confirma revogação, pois votos podem ser mudados. Sessão foi suspensa após voto da ministra Ellen...

April 30, 2009, 7:37 pm