loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

A Copa, a Fifa, o direito de ir e vir e um pé na bunda sábado, 15 de junho de 2013

Pé na bunda Fifa Blog do MesquitaConheço uma família que tem a infelicidade de morar em um condomínio no Passaré, dentro do tal perímetro reservado, ou seja lá que nome tenham dado a esse atentado ao direito constitucional de ir e vir.

As autoridades brasileiras, agora sob o comando da FIFA obrigam aos moradores da área a exibição de um salvo conduto para que possam entrar e sair de suas casas.

E são somente duas licenças por residência. Quem tiver mais de dois carros, um fica imobilizado.

O lógico, se é que há alguma lógica nesse atentado constitucional ao direito de ir vir, é que a porcaria da licença fosse solicitada em alguma dependência do estádio – ops! arena desculpe viu dona Fifa? – uma vez que, logicamente todos os que necessitam desse salvo conduto Stalinista moram na área do estádio.

Ledo engano! Nã, nãn, nin, nã, nã! O infeliz morador, que não tem nada a ver com copa e já ali morava antes da construção do estádio,- ops! arena desculpe viu dona FIFA? – tem que viajar para o outro lado da cidade para aguardar que um “burrocrata” conceda a licença.

Há aí uma perversa inversão do poder de polícia. O jurista Hely Lopes Meirelles conceitua Poder de Polícia como “a faculdade de que dispõe a Administração Pública para condicionar e restringir o uso, o gozo de bens, atividades e direitos individuais, em benefício da coletividade ou do próprio Estado.”[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

Mas, o que está acontecendo sob o governo da FIFA na taba dos Tapuias é justamente o contrário: “a restrição o uso, o gozo de bens, atividades e direitos coletivos, de muitos em benefício de uns poucos privilegiados”.

Não bastasse tudo isso junto e misturado, o pontapé nos fundilhos do cidadão é completado com esse coice:
Mesmo morando na área reservada aos ir e vir dos maganos “Vips”; mesmo com os carros devidamente credenciados pela ‘Stasi” futebolística, o infeliz cidadão, em dias de jogos, não poderá entrar e sair do seu sacrossanto lar, agora condomínio da mafiosa entidade, entre 10h da manhã e 8h da noite.

Já não pode haver enterros em dias de jogos no cemitério que fica na área. Pois agora, meu lascado morador das vizinhanças do estádio – ops arena, desculpe viu dona FIFA? – não pode nem passar mal de saúde, tendo nesses casos que aguardar uma autorização de outro “burrocrata” que permita o acesso de uma ambulância para atender o agonizante ex-cidadão.
Tirem o tubo!

Compartilhe a informação:

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharelando em Direito. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

# # # # # # # #

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil