Fagundes Varela – Versos na tarde – 03/07/2015


Soneto
Fagundes Varela ¹

Desponta a estrela d’alva, a noite morre.
Pulam no mato alígeros cantores,
E doce a brisa no arraial das flores
Lânguidas queixas murmurando corre.

Volúvel tribo a solidão percorre
Das borboletas de brilhantes cores;
Soluça o arroio; diz a rola amores
Nas verdes balsas donde o orvalho escorre.

Tudo é luz e esplendor; tudo se esfuma
Às carícias da aurora, ao céu risonho,
Ao flóreo bafo que o sertão perfuma!

Porém minh’alma triste e sem um sonho
Repete olhando o prado, o rio, a espuma:
– Oh! mundo encantador, tu és medonho!

¹ Luiz Nicolau Fagundes Varella
* Rio Claro, RJ. – 1841 d.C
+ Niterói, RJ. – 1875 d.C


Você pode se interessar também sobre: William Blake – Frase do dia – 20/06/2017



[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , , , ,

Leia também:

Geir Campos - Versos na tarde
Geir Campos - Versos na tarde

Poema-Bilhete Geir Campos¹ Amigo, este meu canto não é manso nem de manso cantar seria a hora. Reviro as páginas da História e vejo que, se em cada uma existe...

September 29, 2018, 9:00 pm
Guimarães  Rosa - Frase do dia - 19/12/2012
Guimarães Rosa - Frase do dia - 19/12/2012

"O real não está na saída e nem na chegada, está na travessia." João Guimarães Rosa

December 19, 2012, 10:50 am
Sophia de Mello Breyner Andresen - Porque os outros se mascaram mas tu não
Sophia de Mello Breyner Andresen - Porque os outros se mascaram mas tu não

Porque os outros se mascaram mas tu não Sophia de Mello Breyner Andresen Porque os outros se mascaram mas tu não Porque os outros usam a virtude Para comprar o...

April 12, 2019, 8:06 pm
Freud
Freud

Carta de Amor Eu sabia que seria apenas depois de te teres ido embora que iria perceber a completa extensão da minha felicidade e, alas! o grau da minha perda...

May 21, 2018, 10:50 am
Descartes - Frase do dia - 25/08/2012
Descartes - Frase do dia - 25/08/2012

"É necessário que ao menos uma vez na vida você duvide, tanto quanto possível, de todas as coisas". Descartes

August 25, 2012, 10:02 am
Ascânio Lopes - Versos na tarde - 12/11/2017
Ascânio Lopes - Versos na tarde - 12/11/2017

Minha namporada Ascânio Lopes¹ Seu nome era besta e ela também mas quase não falava e só sabia olhar. Gostei dela fiz versos puxados gastei tempo nas rimas raras e...

November 12, 2017, 9:00 pm