Nuno Júdice – Poesia – 19/11/22

Boa noite Poema Nuno Júdice Vou buscar uma das estrelas que caiu do céu, esta noite. Ficou presa a um ramo de árvore, mas só ela brilha, Único fruto luminoso do verão passado. Ponho-a num frasco, para não se oxidar; e vejo-a apagar-se, contra o vidro, à medida que o dia se aproxima, e o […]

Leia mais… from Nuno Júdice – Poesia – 19/11/22