20 imagens de trabalho infantil que o deixarão sem palavras

Ainda existem milhões de crianças em todo o mundo que estão empregados ilegalmente. Em tais condições, eles não têm direito à educação e às alegrias próprias da infância. O trabalho infantil ainda é um grande problema social.


Ainda existem milhões de crianças em todo o mundo que estão empregados ilegalmente. Em tais condições, eles não têm direito à educação e às alegrias próprias da infância.
O trabalho infantil ainda é um grande problema social. Milhares de crianças ainda deixam de ir à escola e ter seus direitos preservados, e trabalham desde a mais tenra idade na lavoura, campo, fábrica ou casas de família, em regime de exploração, quase de escravidão, já que muitos deles não chegam a receber remuneração alguma.
20 foto foto 1Shaheen, 10, trabalha em uma fábrica de alumínio.
Foto tirada
 em Dhaka, 
Bangladesh, em 16 de novembro de 2009.

O trabalho infantil é mental, física e emocionalmente desgastante, e em casos extremos pode ser classificado como escravidão.

20 fotos foto 2

Masud, 6, reúne peças do veículo em Bangladesh, em 29 de Fevereiro de 2012.

20 fotos foto 3


Você leu?: Novo leilão do pré-sal também não cumpre expectativas


Naginah Sadiq, 5, trabalha em uma fábrica de tijolos de barro, em Islamabad, Paquistão. 2012

20 fotos foto 4

Foto tirada em Lad Rymbai, na Índia, no dia 16 de abril de 2011.
Os pais não permitem que as crianças vão à escola.

20 fotos foto 5

Takenin, aldeia Chheuteal, província de Kandal, Camboja, em 2 de Maio de 2011.
Esta menina seca tijolos para uma fábrica de tijolos

bloco de lama

Takenin Cartum, Sudão, em 17 de setembro de 2011.
Como muitas pessoas na região de Darfur, este rapaz ganha dinheiro formando blocos de lama.

20 fotos foto 7

Foto tiradda em Nova Delhi, na Índia, em 12 de junho de 2012.
Este menino está limpando as peças da bicicleta, possivelmente para vender.

menino panelas

Foto feita em Dhaka, em 19 de abril de 2012. Outro rapaz trabalha em uma fábrica de alumínio. Acredita-se que mais de 6 milhões de crianças com idade inferior a 14 trabalham em Bangladesh.

20 fotos foto 10

Jacques Monkotan, 4, trabalha em um sítio de escavação em Dassa-Zoume, Benin, no dia 25 de Fevereiro, 2007.

20 fotos foto 11

Burma, em 6 de dezembro de 2011.
Esta menina transporta cimento necessário para um novo hotel.

20 fotos foto 12

Czoton, 7, é trabalha em uma fábrica de balão em Dhaka
Bangladesh, em 23 de Novembro, 2009.

20 fotos foto 13

Hazrat, 7, trabalha em uma fábrica de tijolos inJalalabad, Afeganistão.


20 fotos foto 14

Rustam, 10, trabalha em uma fábrica de alumínio em Daca, Bangladesh. 25 outras crianças trabalham com ele durante 12 horas por dia.

 

20 fotos foto 15

Esta criança é um imigrante ilegal que recolhe plástico em um depósito de lixo em Mae Sot, Tailândia.


20 fotos foto 16

Esta criança organiza tijolos nos arredores de Herat, Afeganistão.


20 fotos foto 17

Outra criança trabalha em um depósito de lixo em Islamabad, Paquistão.


20 fotos foto 18

Issa, 10, trabalha em uma fábrica de armas para o Exército Livre da Síria em Aleppo.

20 fotos foto 19

Diversas crianças enchem os cigarros com o tabaco cultivado localmente no distrito Haragach em Rangpur, Bangladesh.

 

20 fotos foto 20

Esta criança está em busca de plástico reciclável em Siem Reap, Camboja.

 

20 fotos foto 21

Paulo Henrique Felix da Silveira, 9, de Saramandaia, favela no Recife, Brasil. 

Fonte: Lifeh

Postado na categoria: Economia, Fotografia, Infância, Saúde, Tabalho, Trabalho Infantil - Palavras chave: , , , , , ,

Leia também:

NY exporta sem-tetos
NY exporta sem-tetos

Nova York gasta 89 milhões de dólares para ‘exportar’ sem-teto para o resto dos EUA

November 10, 2019, 12:48 pm
Novo leilão do pré-sal também não cumpre expectativas
Novo leilão do pré-sal também não cumpre expectativas

Outros regimes, como o de concessão, preveem que o risco

November 8, 2019, 12:06 pm
Somos globalistas? Vamos examinar o pacote.
Somos globalistas? Vamos examinar o pacote.

É risível imputar à esquerda o epíteto de globalista

November 10, 2019, 11:20 am
Como o código de barras, nascido na praia, mudou a economia global
Como o código de barras, nascido na praia, mudou a economia global

O código de barras não existia até os anos 1970

November 4, 2019, 12:00 pm
E viva a farofa do capitalismo anárquico.
E viva a farofa do capitalismo anárquico.

A realidade agora é liberertários X globalistas.

November 9, 2019, 11:30 am
A crise do milagre chileno
A crise do milagre chileno

População mais culta com capacidade de expressão não aguentou

November 7, 2019, 11:12 am