Janot explica que Lula não pode ser julgado no STF como quer. Rodrigo Janot pede ainda que uma decisão liminar concedida pelo presidente Ricardo Lewandowski, na mesma ação, seja anulada (foto: Elza Fiuza/abr) O procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, entregou um documento ao Supremo Tribunal Federal (STF) no qual pede que uma ação levada […]

, , , , , , , , , , , , , ,

Sua Ex-celência Eduardo “Petrolão” Cunha está desesperado por dois motivos: sua cassação é certa, praticamente já tem data marcada e o impeachment já não acontecerá mais. Adeus Cunha, e espere passar os 8 anos ( terá seus direitos politicos cassados ) e se candidate a vereador em Duque de Caxias em 2024. José Mesquita O presidente da […]

, , , ,

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, pediu informações ao juiz federal Sérgio Moro sobre os depoimentos da Operação Lava Jato. Renan e Cunha – Candidatos a porteiros do inferno de Dante Ps. Pode ser que o Demo não os aceite em nome da moralidade das profundas. O pedido foi motivado por […]

, , , , , , , , , , ,

Neste caso do TSE acho que o pescoço da Dilma se salva, mas não intacto. Vão seguir o rito e julga-la como culpada, mas a pena (que não seria inédita) iria torna-la inelegível por 8 anos após o fim do mandato. Todos os lados iriam chiar, do governo por acreditar que é uma condenação injusta, […]

, , , , , , , , , , ,

A ânsia golpista da mídia brasileira e o nível abjeto de politicagem que ela permite ao Sr. Eduardo Cunha levaram o Brasil a viver algo que jamais pode ser descrito como o preceito de “independência e harmonia” dos Poderes. A extensão da permanência dos Ministros do Supremo Tribunal Federal até a idade de 75 anos não […]

, , , , , , , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Gilmar Mendes: Impeachment faria bem

O jurista Celso Bandeira de Mello, um dos mais respeitados do País, está estarrecido com as atitudes recentes de dois ministros do Supremo Tribunal Federal: Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa. Ambos, na sua visão, estão desmoralizando o Poder Judiciário e mereceriam até sofrer processos de impeachment. “Serviria de alerta a comportamentos extravagantes numa suprema corte”, […]

, , , , , , , , , , ,

Para o filósofo e cientista político Marcos Nobre, pesquisador do Cebrap e ex-colunista da Folha, o escândalo do mensalão não existe mais como fato político. Acabou só agora, diz, porque ainda havia a equivocada ideia de que a análise dos embargos representaria um novo julgamento. Nobre diz que a condenação de figuras políticas de destaque […]

, , , , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 4,92 de 5)
Loading...

Barbosa deve desculpas a Lewandowski

Na quarta o ministro Joaquim Barbosa deveria pedir desculpas ao seu colega Ricardo Lewandowski, diante das câmeras, na corte. Por Elio Gaspari/Folha de S.Paulo Todo mundo ganhará com isso, sobretudo ele e sua posição, que é a de mandar alguns mensaleiros a regimes carcerários fechados. Barbosa desqualificou como “chicana” uma posição de Lewandowski e, instado […]

, , , ,

O Estado de S. Paulo é o primeiro jornal a admitir oficialmente, ainda que de maneira discreta, que pode não ter havido um “mensalão”, ou seja, que o dinheiro supostamente desviado do erário pode ter sido usado para pagar campanhas eleitorais de candidatos que se aliaram à chapa do ex-presidente Lula em seu primeiro mandato, […]

, , , , , , , , ,

Nesta segunda, os dois ministros assumem interinamente a presidência e a vice do Supremo. Se nas sessões de julgamento do mensalão os dois discutem asperamente e trocam olhares de reprovação, nos bastidores Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski ensaiam uma trégua em nome da administração do Supremo Tribunal Federal (STF). Hoje eles assumem interinamente, por dois anos, […]

, , , , ,

Olhando-se pelo lado prosaico, o mensalão está mais pra novelão mexicano que para novela global. Se o mais destacado personagem é o inefável Zé Dirceu, por seu lado, o ex-deputado Roberto Jefferson, que tal e qual o tenor de banheiro que se diz ser, “cantou” todo o enredo da ópera bufa, cujo tema sórdido é […]

, , , , , , , , , , , , ,

Assisti a cena. Desproporcional a manifestação do ministro Lewandowski, embora reconheça que em um colegiado, mudanças de procedimentos, no mínimo, por questão gentileza, deva ser acordada. José Mesquita – Editor Relator muda e decide iniciar fixação de penas do núcleo político Provocando um novo bate-boca, o relator do mensalão no julgamento no STF (Supremo Tribunal […]

, , , , , , , ,