Versos na tarde – Sogyal Rinpoche

Amor romântico e amor genuíno Sogyal Rinpoche 1. Ando pela rua. Há um buraco fundo na calçada. Eu caio… Estou perdido… Sem esperança. Não é culpa minha. Leva uma eternidade para encontrar a saída. 2. Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada. Mas finjo não vê-lo. Caio nele de novo. Não posso … Continued

Postado na categoria: Padrão - Palavras chave: ,