1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 4,83 de 5)
Loading...

Líria Porto – Versos na tarde – 27/10/2017

Per secula seculorum Líria Porto ¹ tornei-me o invólucro da tua boca sou eu o teu beijo permanente ao beijares outra boca beija-a sôfrego beija-a sedento estarás a beijar-me como louco em todos os sabores e indecências ¹ Líria Porto Professora, mineira, vive em Belo Horizonte. Inédita, tem poemas publicados no Cronópios e na Germina […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (13 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Líria Porto – Versos na tarde

Lembranças Líria Porto ¹ quando amanhã for ontem esperanças serão acervo ¹ Líria Porto Araguari, MG. d.C Tweet

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Líria Porto – Versos na tarde

Entardece Líria Porto ¹ à volta da mesa outras cadeiras sirvo-me de ausências e sopa de feijão quem sabe amanhã? ¹ Líria Porto * Araguari, MG. d.C Tweet

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Líria Porto – Versos na tarde

Armistício Líria Porto ¹ Ela vem chuvinha fina tira a aspereza da terra e dá um lustro no verde parece quando brigamos um terno abraço pós-guerra desfaz intrigas carrancas existem quatro elementos a água o ar o fogo a terra o quinto é o amor que temos ¹ Professora, mineira, vive em Belo Horizonte. Inédita, […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Líria Porto – Versos na tarde

Amélia Líria Porto ¹ ficava lá disponível limpa macia perfumada igual blusa no cabide quando ele vinha usava-a voltava-se para a parede dormia partia pela manhã foi visto no shopping de roupa nova ¹ Liria Porto Professora, mineira, vive em Belo Horizonte. Inédita, tem poemas publicados no Cronópios e na Germina — Revista de Literatura […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Líria Porto – Versos na tarde

Rachaduras Líria Porto ¹ dos pingos da chuva ouvia os chiados tais quais os enxurros riachos da alma achou entre os seixos um nicho de mágoa prendeu as madeixas os cachos da lágrima chorou só um pouco baixinho sem garças tristezas são brumas são minas sem mar ¹Líria Porto. * Araguari, MG Mora em Belo […]

, , , ,