loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Literatura: Jorge Luis Borges e a teoria dos mundos paralelos sexta-feira, 9 de novembro de 2018

O escritor Jorge Luis Borges ALICIA DAMICO Em ‘O Jardim dos Caminhos que se Bifurcam’, Borges antecipa a incerteza do entorno combinando literatura com a forma mais prestigiosa de conhecimento, isto é, a ciência. – por Montero Glez/ El País Brasil** Jorge Luis Borges lidou com a capacidade antecipatória da literatura com a maestria própria de um homem de ciência. Por essa razão, é o autor favorito dos cientistas. Um dos exemplos mais notáveis de seu espírito profético, no que…

Jorge Luís Borges – Versos na tarde – 28/03/2018 quarta-feira, 28 de março de 2018

Os justos Jorge Luís Borges Um homem que cultiva o seu jardim, como queria Voltaire. O que agradece que na terra haja música. O que descobre com prazer uma etimologia. Dois empregados que num café do Sul jogam um silencioso xadrez. O ceramista que premedita uma cor e uma forma. O tipógrafo que compõe bem esta página, que talvez não lhe agrade. Uma mulher e um homem que lêem os tercetos finais de certo canto. O que acarinha um animal adormecido….

O “tango alegre” e inédito de Borges vira livro terça-feira, 30 de agosto de 2016

Depois de 14 anos de idas e vindas, finalmente se publicam as conferências feitas pelo escritor em Buenos Aires em 1965 sobre as origens do célebre ritmo argentino. Jorge Luis Borges em foto de 1979, em Paris. GETTY IMAGES MAIS INFORMAÇÕES Borges: “Não gosto Gardel, ele organizou o tango” (em espanhol) Entrevista inédita com Borges: “Sou um anarquista conservador” Um Jorge Luis Borges inédito fala de tango Ao lê-lo, é possível imaginar um Borges brincalhão que se animava até mesmo…

Jorge Luis Borges – Pro dia nascer melhor – 25/12/2015 sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Hino Jorge Luis Borges¹ Esta manhã há no ar a incrível fragrância das rosas do Paraíso. Nas margens do Eufrates Adão descobre a frescura da água. Uma chuva de ouro cai do céu; é o amor de Zeus. Salta do mar um peixe e um homem de Arigento recordará ter sido esse peixe. Na caverna cujo nome será Altamira uma mão sem cara traça a curva de um lombo de bisonte. A lenta mão de Virgílio acaricia a seda que…

Jorge Luis Borges – Versos na tarde – 11/07/2015 sábado, 11 de julho de 2015

Aqui. Hoje Jorge Luis Borges ¹ Já somos o esquecimento que seremos. A poeira elementar que nos ignora e que foi o ruivo Adão e que é agora todos os homens e que não veremos. Já somos na tumba as duas datas do princípio e do término, o esquife, a obscena corrupção e a mortalha, os ritos da morte e as elegias. Não sou o insensato que se aferra ao mágico sonido de teu nome: penso com esperança naquele homem…

Jorge Luis Borges – Versos na tarde – 19/11/2014 quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Arte Poetica Jorge Luis Borges ¹ Mirar el río hecho de tiempo y agua y recordar que el tiempo es otro río, saber que nos perdemos como el río y que los rostros pasan como el agua. Sentir que la vigilia es otro sueño que sueña no soñar y que la muerte que teme nuestra carne es esa muerte de cada noche, que se llama sueño. Ver en el día o en el año un símbolo de los días del…

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil