1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.G. de Araújo Jorge – Versos na tarde – 17/07/2017

Canção do meu abandono J. G. de Araújo Jorge ¹ Não, depois de te amar não posso amar ninguém! Que importa se as ruas estão cheias de mulheres esbanjando beleza e promessa ao alcance da mão? Se tu já não me queres é funda e sem remédio a minha solidão. Era tão fácil ser feliz […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.G de Araújo Jorge – Versos na tarde – 13/12/2016

Bilhete J.G. de Araújo Jorge¹ O teu vulto ficou na lembrança guardado, vivo, por muitas horas!… e em meus olhos baços Fitei-te – como alguém que ansioso e torturado Tentasse inutilmente reavivar teus traços… Num relance te vi – depois, quase irritado Fugi, – e reparei que ao marcar os meus passos ia a dizer […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.G de Araújo Jorge – Versos na tarde – 28/07/2016

Teus Seios J.G. de Araújo Jorge¹ Teus seios… quando os sinto, quando os beijo na ânsia febril de amante incontentado, -são pólos recebendo o meu desejo, nos momentos sublimes de pecado… E às manhãs… quando acaso, entre lençóis das roupagens do leito, saltam nus, -lembram, não sei, dois lindos girassóis fugindo à sombra e procurando […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.G de Araújo Jorge – Versos na tarde – 11/09/2014

Sofrer por sofrer J. G. de Araújo Jorge ¹ Parti. Quis te deixar abandonada às lembranças do amor que nos prendeu. Trouxe comigo, na alma torturada, um ciúme atroz ciumentamente meu… Fugi… fuga cruel, desesperada, quando supus que nosso amor morreu… Fuga inútil, se ainda és a minha amada, se continuo inteiramente seu! Não, não […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.G de Araújo Jorge – Versos na tarde – 21/08/2014

Quando chegares J.G de Araújo Jorge¹ Não sei se voltarás sei que te espero. Chegues quando chegares, ainda estarei de pé, mesmo sem dia, mesmo que seja noite, ainda estarei de pé. A gente sempre fica acordado nessa agonia, à espera de um amor que acabou sendo fé… Chegues quando chegares, se houver tempo, colheremos […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J. G. de Araújo Jorge – Versos na tarde – 12/08/2014

Canto integral do amor J. G. de Araújo Jorge ¹ Cegos os olhos, continuarias de qualquer forma, presente, surdos os ouvidos, e tua voz seria ainda a minha música, e eu mudo, ainda assim, seriam tuas as minhas palavras. Sem pés, te alcançaria a arrastar-me como as águas, sem braços, te envolveria invisível, como a […]

, , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.G de Araújo Jorge – Versos na tarde

Bilhete J.G. de Araújo Jorge ¹ O teu vulto ficou na lembrança guardado, vivo, por muitas horas!… e em meus olhos baços Fitei-te – como alguém que ansioso e torturado Tentasse inutilmente reavivar teus traços… Num relance te vi – depois, quase irritado Fugi, – e reparei que ao marcar os meus passos ia a […]

, , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

J.G de Araújo Jorge – Versos na tarde

Quando chegares… J.G de Araújo Jorge ¹ Não sei se voltarás sei que te espero. Chegues quando chegares, ainda estarei de pé, mesmo sem dia, mesmo que seja noite, ainda estarei de pé. A gente sempre fica acordado nessa agonia, à espera de um amor que acabou sendo fé… Chegues quando chegares, se houver tempo, […]

, , ,