1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Economia: China despeja investimentos no Brasil

‘China Daily’: China se torna o maior investidor do Brasil até agora em 2017 Investidores gastaram US $ 5,67 bilhões em fusões e aquisições no país O jornal China Daily publicou nesta terça-feira (25) matéria onde conta que a China é o maior investidor estrangeiro do Brasil até o momento neste ano, de acordo com a consultoria […]

, , , , , , , , , ,

O setor industrial é um dos segmentos da economia brasileira que mais chamam a atenção do estrangeiro, despertando o interesse de chineses, canadenses e italianos, entre outras nacionalidades, em diferentes partes do País, informa a gerente de Serviços de Internacionalização da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sarah Saldanha. Sarah Saldanha está à frente do programa […]

, , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Portugal diz que pode ter de abandonar o euro

Imaginem quando chegar a vez da taba dos Tupiniquins! O fracasso em obter uma coalizão governista ampla para enfrentar a crise financeira poderia forçar Portugal a abandonar o euro, disse o ministro das Relações Exteriores em entrevista publicada neste sábado. A oposição e governo devem se unir para lidar com uma “situação extrema”, Luís Amado […]

, , , , , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 4,86 de 5)
Loading...

Investimentos do governo batem recorde com Lula

Para os economistas, investimentos são gastos com a infraestrutura e ampliar a capacidade de gerar bens e serviços. Para os políticos são obras e inaugurações em habitação, saneamento, rodovias, ferrovias, hospitais e escolas. Tudo o que sirva para angariar votos. O Editor Em 12 meses, despesas atingem R$ 42 bilhões, o equivalente a 1,25% do […]

, , , , , , , , ,

O bilionário americano Sam Zell, 68, está no Brasil, hoje e amanhã, para expandir os investimentos do grupo Equity International no país que considera a próxima “potência mundial”. “O quanto vamos investir depende das oportunidades. Até hoje, nenhuma foi maior do que o nosso apetite por capital”, afirmou Zell à Folha, por telefone, de Chicago. […]

, , , , , , , , , ,

O Brasil, zil,zil, que nas outras edições do Fórum Econômico Mundial foi saco de pancada dos países desenvolvidos. agora, em Davos, passa a ser cortejado como se fosse a “última Coca Cola do deserto”. Na matéria abaixo, fica claro que, tirando os catastrofistas contumazes e os oposicionistas empedernidos, que torcem pelo pior, a política econômica […]

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,