1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Os riscos de participar de grupos públicos no WhatsApp

Nas últimas semanas, o escândalo da Cambridge Analytica colocou o Facebook na mira de seus usuários mais críticos.  Direito de imagemGETTY IMAGESEm seis meses, pesquisadores conseguiram informações sem dificuldade de 45.794 pessoas. Um deles é Brian Acton, um dos fundadores do WhatsApp, que se juntou a uma campanha para incentivar as pessoas a deixar a […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Facebook, AI e anunciantes

Facebook usa inteligência artificial para prever o comportamento de usuários para os anunciantes  Ilustração: Erik Blad para The Intercept   DESDE O INÍCIO do escândalo da Cambridge Analytica, em março, o Facebook vem tentando tomar uma posição em defesa da privacidade dos usuários, distanciando-se das práticas inescrupulosas da consultoria britânica. “Proteger as informações das pessoas é um princípio fundamental de […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

8 dicas para evitar compartilhar dados pessoais na internet sem perceber

Houve um tempo em que a internet era associada ao anonimato. Agora, está comprovado que é justamente onde se pode mais encontrar dados sobre nós.  Direito de imagemGETTY IMAGESAlguns aplicativos que você não usa ocupam espaço, consomem energia e monitoram suas atividades O escândalo envolvendo a consultoria Cambridge Analytica e o Facebook foi o mais […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Caso Analytica: A luta pela privacidade é uma batalha perdida

É possível navegar pela Internet sem deixar rastros? Qualquer um pode saber o que acontece no seu computador Como podemos fazer para evitar deixar um rastro dos nossos dados? “O único jeito é não usar nada, nem o Google nem o Facebook”, diz, convicto, o engenheiro de informática Lorenzo Martínez, diretor da empresa de segurança Securízame, da Espanha. […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

As engrenagens da desinformação

Medo e hipocrisia minam combate às fake news   Publicado originalmente pelo objETHOS. Não é mais novidade para ninguém que a guerra contra as notícias falsas se converteu na principal preocupação do meio jornalístico. Em todas as partes, surgem iniciativas para checagem de dados e para desmentir declarações e números falsos. Pela primeira vez em muito tempo, […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Cidadania e “Fake News”

O assassinato de Marielle Franco: a cobertura “palaciana” e fake da Folha e do Estadão* Passadas quase duas semanas do covarde (e cruel) assassinato da vereadora carioca Marielle Franco e de Anderson Gomes, motorista da parlamentar, é possível refletir criticamente sobre a cobertura dos dois maiores jornais impressos do país (Folha de S.Paulo e O Estado de […]

, , , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Brexit & Face Book

Pivô do caso Facebook acusa manipulação no Brexit Cambridge Analytica teve “papel crucial” no referendo britânico, diz denunciante Christopher Wylie. Colaboração com firma canadense teria permitido à campanha pela saída da UE burlar limite de gasto previsto por lei. Christopher Wylie, ex-funcionário da Cambridge Analytica, durante depoimento no Parlamento britãnico A Cambridge Analytica, acusada de […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Facebook está apagando perfis por ordem dos governos dos EUA e de Israel

EM SETEMBRO de 2016, mostramos que representantes do Facebook se reuniram com o governo de Israel para discutir a exclusão de contas de palestinos, alegando que praticavam “incitação”. Foto: Eric Risberg/AP Glenn Greenwald As reuniões foram convocadas e presididas pela ministra da Justiça Ayelet Shaked, que é pró-assentamentos e figura entre os mais extremistas e autoritários funcionários do governo israelense. Os encontros começaram depois que Israel fez […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Hacker caçam “Bots” pornôs no Twitter

O QUE ANTES ERA um mero incômodo para o Twitter se tornou uma grande dor de cabeça para a rede de microblogs. Em outubro, o chefe do departamento jurídico do Twitter declarou a uma comissão de investigação do Senado americano que bots russos haviam publicado 1,4 milhões de tuítes nos dias que antecederam a eleição de Donald Trump à presidência […]

, , , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

NSA X Bitcoins

A NSA TENTOU RASTREAR USUÁRIOS DE BITCOIN, REVELAM OS DOCUMENTOS DE SNOWDEN Ilustração: Tyler Comrie for The Intercept    OS PARANOICOS DE INTERNET interessados em Bitcoin já há muito tempo alimentam a fantasia de que espiões americanos possam subverter a controversa moeda digital. Cada vez mais popular entre os especuladores de perfil agressivo, o Bitcoin começou como um […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cibercultura e o universal sem totalidade

Entender o conceito de “universal sem totalidade” é fundamental para compreender como a interatividade das tecnologias digitais mudou nosso relacionamento com a informação. Se antes, através da TV, éramos apenas receptores passivos, hoje temos a possibilidade de comentar notícias, postar vídeos, criar conteúdos e debater em fóruns e redes sociais. Esta possibilidade de reagir às […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Face Book – Eleições

O FACEBOOK OCULTOU PÁGINAS ONDE PROMOVIA SUA CAPACIDADE DE INFLUENCIAR ELEIÇÕES QUANDO PERGUNTARAM A MARK ZUCKERBERG se o Facebook teria influenciado o resultado das eleições presidenciais de 2016 nos EUA, ele repudiou a possibilidade de que o site pudesse ter esse poder, dizendo que era “loucura”. A afirmativa era inverídica: havia uma seção inteira do site dedicada a divulgar […]

, ,