loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Emily Dickinson – Poesia sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Poema Emily Dickinson   Como disciplina, Passa o lírio pelo solo negro; Seu alvo rizoma não se abala E sua fé nada teme. Mais tarde, por entre a erva, Balança a campânula de berilo; A vida, entre torrões, esquecida agora, Em êxtase e precipício. Compartilhe a informação:

Emily Dickinson – Poesia quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Os Instantes Superiores da Alma Emily Dickinson Os instantes Superiores da Alma Acontecem-lhe – na solidão – Quando o amigo – e a ocasião Terrena Se retiram para muito longe – Ou quando – Ela Própria – subiu A um plano tão alto Para Reconhecer menos Do que a sua Omnipotência – Essa Abolição Mortal É rara – mas tão bela Como Aparição – sujeita A um Ar Absoluto – Revelação da Eternidade Aos seus favoritos – bem poucos –…

Emily Dickinson – Versos na tarde – 04/12/2017 segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Poema Emily Dickinson¹   Para fazer uma campina basta um só trevo e uma abelha. Trevo, abelha e fantasia. Ou apenas fantasia Faltando a abelha.   ¹ Emily Dickinson * Boston, Usa – 10 de Dezembro de 1830 + Boston, Usa – 15 de Maio de 1886 Compartilhe a informação:

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil