loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Dante Milani – Versos na tarde – 28/07/2017 sexta-feira, 28 de julho de 2017

Corpo Dante Milano¹ Adorei teu corpo, Tombei de joelhos. Encostei a fronte, O rosto, em teu ventre. Senti o gosto acre De santidade Do corpo nu. Absorvi a existência, Vi todas as coisas numa coisa só, Compreendi tudo desde o princípio do Mundo. ¹Dante Milano * Barra de S. João, RJ – 16 de Janeiro de 1899 + Petrópolis, Rio de Janeiro – 15 de Abril 1991 Primoroso tradutor de Dante e Baudelaire. Escultor. Estreou tarde em livro, com Poesias…

Dante Milano – Versos na tarde – 05/04/2015 domingo, 5 de abril de 2015

Ao tempo Dante Milano ¹ Tempo, vais para trás ou para diante? O passado carrega a minha vida Para trás e eu de mim fiquei distante, Ou existir é uma contínua ida E eu me persigo nunca me alcançando? A hora da despedida é a da partida A um tempo aproximando e distanciando… Sem saber de onde vens e aonde irás, Andando andando andando andando andando Tempo, vais para diante ou para trás? ¹ Dante Milano * Barra de S….

Dante Milano – Versos na tarde – 03/01/2014 sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

O homem e a sua paisagem Dante Milano¹ Toda paisagem tem um ar de sonho. Vejo o tempo parado, inutilmente. Tudo é menos real do que suponho. Interrompi teu sonho, natureza. Diante de um ser humano, de repente Apareces tomada de surpresa. No espaço que me cerca estou suspenso. Em redor um olhar pasmado e mudo E no ar a ameaça do silêncio denso. Em todo sonho existe um extasiado Olhar adormecido que vê tudo… Senhor, eu sou o objeto…

Dante Milano – Versos na tarde – 29/06/2013 sábado, 29 de junho de 2013

Vozes Abafadas Dante Milano ¹ O ruído vem de longe e quase não se escuta. Passa no ar ou ruge dentro de nossos ouvidos? Vem do centro da terra ou do terror das [ consciências? São crianças chorando com medo da vida? Soluços de mães que ignoram as causas? Gritos alucinados de homens caídos sob as [ rodas do carro terrível? São os últimos brados das pátrias esfaceladas, Os uivos do vento nas bandeiras das nações [ vencidas, Ou no…

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil

Gosta do meu blog? Compartilhe a informação :)