loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Bertold Brecht – Versos sexta-feira, 11 de maio de 2018

Contra os objetivos. Bertold Brecht 1 Quando os que combateram a injustiça Mostram as faces feridas A impaciência dos que estiveram em segurança é Grande. 2 Porque vos queixais? – perguntam eles Combatestes a injustiça! Agora Foi ela que vos venceu: calai-vos pois. 3 Quem combate, dizem eles, tem de saber perder Quem busca a luta corre perigo Quem age com violência Não se deve queixar da violência. 4 Ai, amigos que estais em segurança, Por quê tão inimigos? Somos…

Bertold Brecht – Versos na tarde – 02/09/2016 sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Louvor por aprender Bertold Brecht¹ Aprende o mais simples! Pra aqueles Cujo tempo chegou Nunca é tarde de mais! Aprende o abc, não chega, mas Aprende-o! E não te enfades! Começa! Tens de saber tudo! Tens de tomar a chefia! Aprende, homem do asilo! Aprende, homem na prisão! Aprende, mulher na cozinha! Aprende, sexagenária! Tens de tomar a chefia! Frequenta a escola, homem sem casa! Arranja saber, homem com frio! Faminto, pega no livro: é uma arma. Tens de tomar…

Brecht – Versos na tarde – 17/04/2016 domingo, 17 de abril de 2016

De que Serve a Bondade Bertold Becht¹ 1 De que serve a bondade Quando os bondosos são logo abatidos, ou são abatidos Aqueles para quem foram bondosos? De que serve a liberdade Quando os livres têm que viver entre os não-livres? De que serve a razão Quando só a sem-razão arranja a comida de que cada um precisa? 2 Em vez de serdes só bondosos, esforçai-vos Por criar uma situação que torne possível a bondade, e melhor; A faça supérflua!…

Bertold Brecht – Versos na tarde – 31/05/2015 domingo, 31 de maio de 2015

A Máscara do Mal Brecht ¹ Colocada em minha parede tenho uma peça japonesa, máscara de um demônio maligno, pintada de ouro. Compassivamente olho as veias abauladas da fronte que revelam o esforço que custa ser mau. ¹ Bertold Brecht * Augsburg, Alemanha – 10 de Fevereiro de 1898 d.C + Berlim, Alemanha – 14 de Agosto de 1956 de 1956 d.C >> biografia de Brecht [ad#Retangulo – Anuncios – Duplo] Compartilhe a informação:

Bretch – Versos na tarde – 18/09/2014 quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Uma rosa Bertold Brecht ¹ Há uma rosa linda no meio do meu jardim Dessa rosa cuido eu, quem cuidará de mim? De manhã desabrochou, a tarde foi escolhida pra de noite ser levada de presente à minha amiga Feliz de quem possui uma rosa em seu jardim A minha amiga com certeza pensa agora só em mim Quando sopra o vento frio e o inverno gela o jardim Eu tenho calor em casa e fico quietinho assim Feliz de…

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil

Gosta do meu blog? Compartilhe a informação :)