1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Artur da Távola – Versos na tarde – 17/03/2017

Quem namora Artur da Távola¹ Quem namora agrada a Deus. Namorar é uma forma bonita de viver um amor. Namorados que se prezem gostam de beijos, suspiros, morderem o mesmo pastel, dividir a empada, beber no mesmo copo. Namora quem sonha, quem teima, quem vive morrendo de amor e quem morre vivendo de amar. ¹Paulo […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Artur da Távola – Versos na Tarde – 10/07/2016

Soneto inascido Artur da Távola ¹ O poema subjaz. Insiste sem existir escapa durante a captura vive do seu morrer. O poema lateja. É limbo, é limo, imperfeição enfrentada, pecado original. O poema viceja no oculto engendra-se em diluição desfaz-se ao apetecer. O poema poreja flor e adaga e assassina o íncubo sentido. Existe para […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Artur da Távola – Versos na tarde – 20/01/2016

Tempo Artur da Távola¹ Hoje eu sou poesia, Pedaço de nuvem Nas mãos do teu dia. Eu sou amargura, Espaço de espanto Num céu de loucura. Hoje eu quero ser jardim, Temporada de espanto No sorriso de teu sim. Agora vai ser a vez Da esperança sem lança, Da amizade sem força, Do afago sem […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Artur da Távola – Prosa na tarde – 13/02/2015

Afinidade Artur da Távola ¹ Não é o mais brilhante mas é o mais sutil, delicado e penetrante dos sentimentos. O mais independente, também. Não importam o tempo, a ausência, os adiamentos, as distâncias, as impossibilidades: quando há afinidade, qualquer reencontro retoma a relação, o diálogo, a conversa, o afeto, no exato ponto em que […]

, , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Artur da Távola – Versos na tarde – 29/03/2014

Tempo Artur da Távola ¹ Hoje eu sou poesia, Pedaço de nuvem Nas mãos do teu dia. Eu sou amargura, Espaço de espanto Num céu de loucura. Hoje eu quero ser jardim, Temporada de espanto No sorriso de teu sim. Agora vai ser a vez Da esperança sem lança, Da amizade sem força, Do afago […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Arte, fotografia, música e solidão

“Che bello”! Como dizia o Artur da Távola: “A música é vida interior, e quem tem vida interior jamais padece de solidão.” Autor, data e local não identificados Tweet

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sticky: Artur da Távola – Frase do dia

“Não namora quem cobra nem quem desconfia. Namora quem lê nos olhos e sente no coração as vontades saborosas do outro.” Artur da Távola Tweet

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sticky:

“Música é vida interior; e quem tem vida interior não padece de solidão” Artur da Távola Tweet

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Sticky:

“Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.” Artur da Távola Tweet

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Artur da Távola – Versos na tarde

Quem namora… Artur da Távola ¹ Quem namora agrada a Deus. Namorar é uma forma bonita de viver um amor. Namorados que se prezem gostam de beijos, suspiros, morderem o mesmo pastel, dividir a empada, beber no mesmo copo. Namora quem sonha, quem teima, quem vive morrendo de amor e quem morre vivendo de amar. […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Reflexões na tarde

Opinião do leitor Quem tem medo de música clássica? De Mozart, Bach e Vivaldi? Quem tem medo do som dos clarinetes, do solo do violino, da melodia dos fagotes? Quem tem medo do rompante dos metais? E do olhar gesticulado do maestro que faz a orquestra parar? Quem tem medo de Strauss, Beethoveen e Gershwin? […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Artur da Távola morre aos 72 anos no Rio de Janeiro

Um bom Amor aos que já têm! Um bom encontro aos que procuram! E felicidades a todos nós! Artur da Távola¹ O Brasil literário perde uma figura cujos escritos, crônicas e poesias, principalmente, ajudaram a permanência do lúdico e do telúrico na alma de seus inúmeros leitores. Os amantes da música perdem o didático, ameno, […]

, , , , , , , ,
12