loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia

Almandrade – Versos na tarde quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Ponto de fuga Almandrade ¹ Que indagação faz o umbigo feminino quando aparece entre uma peça e outra da veste? Intimidade sensualidade. Nem mesmo a musicalidade dos pêlos é maior que o apelo da cicatriz do nascimento. ¹ Antônio Luiz M. Andrade * Salvador,BA. É arquiteto, poeta e artista plástico baiano. Como artista plástico já participou de quatro bienais internacionais em São Paulo, além de várias outras exposições no país e no exterior. Editou em 74 a revista “Semiótica” e,…

Almandrade – Versos na tarde – 25/02/2015 quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Poema Almandrade¹ O texto é o mesmo repetição um beijo pousa uma saudade decola o amor sugere a incerteza se instala indiferente o vento passa o olhar procura na fresta da roupa a pele oculta da mulher. ¹ Antônio Luiz M. Andrade [ad#Retangulo – Anuncios – Duplo] Compartilhe a informação:

Almandrade – Versos na tarde quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A mulher Almandrade ¹ Uma geografia sempre a ser descoberta obscura e secreta como a solidão. … Em silêncio a intimidade feminina acende o mistério que faz lembrar o aroma dos devaneios que transporta o fim da tarde. ¹ Antônio Luiz M. Andrade Salvador – BA Poeta, Arquiteto, Artista Plástico, Mestre em Desenho Urbano [ad#Retangulo – Anuncios – Duplo] Compartilhe a informação:

Almandrade – Versos na tarde segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O modelo Almandrade ¹ Uma discreta marca de sol repousa na pele clara da mulher sem roupa parada no atelier do pintor que trabalha fareja a beleza desenha o que a luz faz ver e sonhar. … Rebelde modelo possuída pelo calor do sexo foge e deixa a tela vazia habitada por fantasmas. ¹ Antônio Luiz M. Andrade Salvador – BA Poeta, Arquiteto, Artista Plástico, Mestre em Desenho Urbano [ad#Retangulo – Anuncios – Duplo] Compartilhe a informação:

Almandrade – Versos na tarde sábado, 11 de dezembro de 2010

Poema Almandrade ¹ O texto é o mesmo repetição um beijo pousa uma saudade decola o amor sugere a incerteza se instala indiferente o vento passa o olhar procura na fresta da roupa a pele oculta da mulher. ¹ Antônio Luiz M. Andrade Salvador – BA Poeta, Arquiteto, Artista Plástico, Mestre em Desenho Urbano [ad#Retangulo – Anuncios – Duplo] Compartilhe a informação:

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil