1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

António Botto – Versos na tarde – 11/07/20217

Quanto, Quanto me Queres? António Thomaz Botto Quanto, quanto me queres? – perguntaste Numa voz de lamento diluída; E quando nos meus olhos demoraste A luz dos teus senti a luz da vida. Nas tuas mãos as minhas apertaste; Lá fora da luz do Sol já combalida Era um sorriso aberto num contraste Com a […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Antonio Botto – Versos na tarde – 14/03/2016

Ouve, meu anjo Antonio Botto¹ Ouve, meu anjo: Se eu beijasse a tua pele? Se eu beijasse a tua boca Onde a saliva é mel? Tentou, severo, afastar-se Num sorriso desdenhoso; Mas aí!, A carne do assasssino É como a do virtuoso. Numa atitude elegante, Misterioso, gentil, Deu-me o seu corpo doirado Que eu beijei […]

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Antônio Botto – Versos na tarde – 26/04/2014

Soneto Antônio Botto ¹ Quanto, quanto me queres? – perguntaste Numa voz de lamento diluída; E quando nos meus olhos demoraste A luz dos teus senti a luz da vida. Nas tuas mãos as minhas apertaste; Lá fora da luz do Sol já combalida Era um sorriso aberto num contraste Com a sombra da posse […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (10 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Antônio Botto – Versos na tarde – 17/05/2013

Soneto Antônio Botto¹ Se, para possuir o que me é dado, Tudo perdi e eu própio andei perdido, Se, para ver o que hoje é realizado, Cheguei a ser negado e combatido. Se, para estar agora apaixonado, Foi necessário andar desiludido, Alegra-me sentir que fui odiado Na certeza imortal de ter vencido! Porque, depois de […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Antônio Botto – Versos na tarde – 08/05/2013

Soneto Antônio Botto¹ Tem cuidado que é sempre mau prever qualquer coisa na vida que arrastamos; convence-te que nós nada evitamos d’aquilo que nos tem de suceder. E’ sempre muito grave. Sem querer, A pouco nos familiarisamos com a atitude firme que pensamos tomar para o que nos vai acontecer… e esse caso previsto chega […]

, , , ,