1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 14/04/2017

Saber Viver Cora Coralina¹ Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (18 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 23/02/2016

Das pedras Cora Coralina ¹ Ajuntei todas as pedras que vieram sobre mim. Levantei uma escada muito alta e no alto subi. Teci um tapete floreado e no sonho me perdi. Uma estrada, um leito, uma casa, um companheiro. Tudo de pedra. Entre pedras cresceu a minha poesia. Minha vida… Quebrando pedras e plantando flores. […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 05/01/2015

Eu Voltarei Cora Coralina ¹ Meu companheiro de vida será um homem corajoso de trabalho, servidor do próximo, honesto e simples, de pensamentos limpos. Seremos padeiros e teremos padarias. Muitos filhos à nossa volta. Cada nascer de um filho será marcado com o plantio de uma árvore simbólica. A árvore de Paulo, a árvore de […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 29/10/2014

Poema de amor Cora Coralina¹ Este é um poema de amor tão meigo, tão terno, tão teu… É uma oferenda aos teus momentos de luta e de brisa e de céu… E eu, quero te servir a poesia numa concha azul do mar ou numa cesta de flores do campo. Talvez tu possas entender o […]

, , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 06/08/2014

Eu Voltarei Cora Coralina ¹ Meu companheiro de vida será um homem corajoso de trabalho, servidor do próximo, honesto e simples, de pensamentos limpos. Seremos padeiros e teremos padarias. Muitos filhos à nossa volta. Cada nascer de um filho será marcado com o plantio de uma árvore simbólica. A árvore de Paulo, a árvore de […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na Tarde – 12/01/2014

Saber Viver Cora Coralina¹ Não sei… Se a vida é curta Ou longa demais pra nós, Mas sei que nada do que vivemos Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: Colo que acolhe, Braço que envolve, Palavra que conforta, Silêncio que respeita, Alegria que contagia, Lágrima que corre, Olhar […]

, , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 06/11/2013

Poeminha Amoroso Cora Coralina¹ Lindo demais Coração é terra que ninguém vê Quis ser um dia, jardineira de um coração. Sachei, mondei – nada colhi. Nasceram espinhos e nos espinhos me feri. Quis ser um dia, jardineira de um coração. Cavei, plantei. Na terra ingrata nada criei. Semeador da Parábola… Lancei a boa semente a […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 08/01/2013

Vida de lavadeiras Cora Coralina ¹ Sombra da mata sobre as águas quietas onde as iaras vêm dançar à noite. . . Não. Mentira. Façamos versos sem mentir – Onde batem roupa as lavadeiras pobres. Sombra verde dos morros no poço fundo da Carioca onde as mulheres sem marido carregadas de necessidades, mães de muitos […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde – 08/12/2012

Poeminha amoroso Cora Coralina ¹ Este é um poema de amor tão meigo, tão terno, tão teu… É uma oferenda aos teus momentos de luta e de brisa e de céu… E eu, quero te servir a poesia numa concha azul do mar ou numa cesta de flores do campo. Talvez tu possas entender o […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde

Coração é terra que ninguém vê Cora Coralina ¹ Quis ser um dia, jardineira de um coração. Sachei, mondei – nada colhi. Nasceram espinhos e nos espinhos me feri. Quis ser um dia, jardineira de um coração. Cavei, plantei. Na terra ingrata nada criei. Semeador da Parábola… Lancei a boa semente a gestos largos… Aves […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (9 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde

Lavadeiras Cora Coralina ¹ Sombra da mata sobre as águas quietas onde as iaras vêm dançar à noite. . . Não. Mentira. Façamos versos sem mentir – Onde batem roupa as lavadeiras pobres. Sombra verde dos morros no poço fundo da Carioca onde as mulheres sem marido carregadas de necessidades, mães de muitos filhos largados […]

, , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (7 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cora Coralina – Versos na tarde

Coração é terra que ninguém vê Cora Coralina ¹ Quis ser um dia, jardineira de um coração. Sachei, mondei – nada colhi. Nasceram espinhos e nos espinhos me feri. Quis ser um dia, jardineira de um coração. Cavei, plantei. Na terra ingrata nada criei. Semeador da Parábola… Lancei a boa semente a gestos largos… Aves […]

, , , ,
12