Tasso de Oliveira – Poesia


Pássaro na treva
Tasso da Silveira

No fim de contas, um pássaro
cantando na noite densa
é coisa que a gente encontra
muitas vezes, mesmo longe
do vago mundo da lenda.

Alma é dor, mas também êxtase.
E quando menos se espera
da areia surge uma fonte,
nasce uma rosa na sombra,
canta um pássaro na treva.

A amada chegando tímida
é a rosa por que esperamos,
o amigo, uma fonte fresca,
e a lua no céu acesa
vale um pássaro cantando.

Solta um pássaro notívago
profunda e grave cantiga
no entanto pura e singela:
isto ocorre quando o Poeta
canta na noite da vida.


Você pode se interessar também sobre: Elizabeth Barrett Browning – Poesia – Como te amo?


Postado na categoria: Poesia - Palavras chave:

Leia também:

Paul Auster - Versos na tarde 01/05/2018
Paul Auster - Versos na tarde 01/05/2018

Desaparecimentos Paul Auster De pura solidão, ele recomeça ─ como se fosse a última vez que respirasse, e é por isso agora que pela primeira vez respira para além do...

May 1, 2018, 9:00 pm
Saramar Mendes - Teus lábios de navegar - Poesia
Saramar Mendes - Teus lábios de navegar - Poesia

Teus lábios de navegar Saramar Mendes Refazem teus lábios minha pele lassa e rios traçam, de sangue em rebuliço de mar sem tempo marcado, teus lábios de me tomar. Tanto...

April 20, 2019, 6:00 pm
Shakespeare - Poesia
Shakespeare - Poesia

Soneto CV Shakespeare Não se diga, do amor que tenho, idolatria, Nem o amado qual ídolo se represente; Minhas preces, canções, nada disso haveria, Porém, não fosse ele, ele sempre,...

December 19, 2018, 7:51 pm
Shakespeare - Verso Na tarde - 25/08/2018
Shakespeare - Verso Na tarde - 25/08/2018

Soneto II Shakespeare Dos raros, desejamos descendência, Que assim não finde a rosa da beleza, E morto o mais maduro, sua essência Fique no herdeiro, por inteiro acesa. Mas tu,...

August 25, 2018, 9:00 pm
Dylan Thomas - Poesia
Dylan Thomas - Poesia

Deita tranquilo, dorme em paz Dylan Thomas Deita tranquilo, dorme em paz, tu, com tua chaga Que arde e se retorce na garganta. Por toda a noite, Sobre o mar...

February 12, 2019, 7:10 pm
Rui Knopfli - Poesia
Rui Knopfli - Poesia

Quem Somos Rui Knopfli Quem somos, senão o que imperfeitamente sabemos de um passado de vultos mal recortados na neblina opaca, imprecisos rostos mentidos nas páginas antigas de tomos cujas...

January 26, 2019, 7:14 pm