1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...

Smartphones e a escolha do sistema operacional

Escolha do sistema operacional é vital na compra de um smartphone.
Durante um almoço, Felipe (o sobrenome ele prefere omitir), 31, percebeu que uma amiga tinha um iPhone. O estudante de educação física da Unicamp, então, perguntou: “Esse iPhone tem Android?”.

A dúvida parece piada para quem acompanha tecnologia de perto, mas é uma indicação do crescimento da importância do sistema operacional na escolha de um celular e das dúvidas que isso causa no consumidor.

ESPECIAL SMARTPHONES
Escolha do sistema operacional é vital na compra
Android
Gigante, Android fica mais bonito e inteligente
Samsung Galaxy Note é smartphone para gigantes
iOS
União de sistema com aparelhos é o trunfo da Apple
Mudanças do iPhone 4S incrementam fórmula antiga
Windows Phone
Interface é o diferencial do Windows Phone
Modelos se distinguem no tamanho e no preço
Symbian
Sistema vira opção para smartphones espartanos
Natimorto, N9 consegue ser o melhor da Nokia
BlackBerry
BlackBerry é rápido e seguro, mas sofre declínio
Torch 9860 quer ser o BlackBerry divertido
Aparelhos
Escolha o seu: 15 opções de R$ 649 a R$ 2.399
Planos
Maior uso de internet 3G puxa oferta de planos

“Para usuários que estão tendo a primeira experiência com um smartphone, o sistema operacional é importante. Mas, na hora da compra, não é o fator que o cliente leva mais em conta”, diz Rodrigo Ayres, gerente de produto da área de celulares da LG.

Ayres explica que, antes de chegar à loja para comprar um smartphone, o consumidor brasileiro pesquisa as especificações técnicas do aparelho, o que pode incluir o sistema operacional. Nas lojas, porém, a aparência do telefone vira o fator determinante.

Hoje em dia, entretanto, smartphones na mesma faixa de preço se equivalem no hardware. Câmera, processador e memória têm diferenças mínimas entre uma marca e outra. Às vezes, até os componentes são dos mesmos fornecedores.

O que faz a diferença é o sistema operacional, o programa central que comanda o aparelho, o cérebro do bicho. Se ele for bom, o aparelho será rápido e fácil de usar. Os principais são o Android, o iOS, o Windows Phone, o Symbian e o BlackBerry OS.

Mais importante, a escolha do sistema operacional determina de onde você vai baixar aplicativos. Cada um desses sistemas é ligado a uma loja virtual, cada uma com suas características próprias.

O Android Market, por exemplo, tem um grande número de programas gratuitos, enquanto a App Store, do iOS, oferece catálogo maior em números absolutos. Nem sempre um mesmo app está disponível em todas as lojas.

A FORÇA DO ROBÔ

No terceiro trimestre deste ano, o Android dominou o universo de smartphones. Adotado por vários fabricantes, o sistema operacional criado pelo Google engoliu 52,5% do mercado global, segundo a consultoria Gartner. No mesmo período de 2010, o número era de 25,3%.

Symbian (16,9%), iOS (15%), BlackBerry OS (11%), Bada (2%) e Windows Phone (1,5%) aparecem em seguida.

Embora não revele números, Bruno Freitas, analista da consultoria IDC, diz que os dados nacionais acompanham os globais. “O Android tem mais de 50% do mercado brasileiro de smartphones e o iOS, cerca de 10%.”

Segundo a Gartner, entre os fabricantes, o mercado nacional de smartphones ficou dividido entre Nokia (29,4%), Samsung (18,5%), RIM (15,4%), Apple (11,2%), LG (10,1%) e outros (15,4%) -2,3 milhões foram vendidos no terceiro trimestre de 2011.
BRUNO ROMANI/COLABORAÇÃO PARA A FOLHA 

Termos: , , , , , , , , , , , ,
Trackback

Nenhum Comentário até o momento. Faça o seu também!

Preencha os dados abaixo e faça seu comentário!

Você deve está Logado para comentar.