1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Lope de Vega – Versos na tarde – 08/08/2016

Soneto de repente
Lope de Vega¹

Um soneto me pede Violante,
nunca na vida estive em tal aperto;
quatorze versos dizem que é soneto:
brinca brincando lá vão três avante.

Não pensei que encontrasse consoante,
e na metade estou de outro quarteto;
mas, se me vem o início de um terceto,
cá nos quartetos nada há que me espante.

No primeiro terceto vou entrando,
e parece que entrei com o pé direito,
pois fim com este verso lhe vou dando.

Estou já no segundo, e ainda suspeito
que vou os treze versos acabando;
contai se são quatorze, e ei-lo: está feito.

¹Félix Lope de Vega Carpio ou Lope Félix de Vega Carpio
* Espanha – 25 de Novembro de 1562 d.C
+ Espanha – 27 de Agosto de 1635 d.C
Dramaturgo, autor de peças teatrais e poeta espanhol.


Termos: , , , , , ,
Trackback

Nenhum Comentário até o momento. Faça o seu também!

Preencha os dados abaixo e faça seu comentário!

Você deve está Logado para comentar.