1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Google provoca ‘morte digital’ de pessoas que aplicaram golpe à empresa

Já parou para pensar na extensão da presença do Google na sua vida e em como seria ser proibido de acessar os produtos da empresa de uma hora para a outra?

Várias pessoas estavam comprando unidades do Google Pixel através do Project Fi, a operadora da gigante de buscas, e revendendo os aparelhos a uma empresa de New Hampshire.

Essa empresa repassava os smartphones sem taxa de venda e dividia os lucros com os consumidores.

Quando descobriu o esquema, o Google começou a caçar os envolvidos, porque tudo isso viola seus termos de serviço — o texto, inclusive, é bem claro ao informar que a pessoa só pode adquirir seus produtos para uso pessoal, e não para revenda.

Há centenas de envolvidos, segundo reporta o jornal The Guardian, e mais estão por vir, porque aparentemente a mutreta vinha acontecendo há anos com outros aparelhos da empresa.

Morte digital

O Google não tem demonstrado compaixão com os espertinhos e vem usando a situação para provocar uma hecatombe digital.

A punição aplicada pela empresa não envolve apenas a proibição de acessar a sua loja, o Google impediu que as pessoas usassem todos os seus serviços, incluindo o Gmail. Tudo da noite para o dia.

Isso significa que muitas perderam fotos, e-mails, documentos e qualquer outra coisa que estivesse ligada à empresa. Quem usava a conta do Gmail para acessar outros serviços (como Facebook), ficou sem poder trocar suas senhas. Um deles perdeu até mesmo a conta que usava como back-up para a outra que tinha sido usada para comprar um Pixel.

O Guardian perguntou ao Google se as medidas não eram muito duras, mas o jornal não publicou a resposta, o que sugere que a empresa não devolveu o contato.

Termos: , , , ,
Trackback

Nenhum Comentário até o momento. Faça o seu também!

Preencha os dados abaixo e faça seu comentário!

*