Fernando Pessoa – Versos na tarde – 24/09/2017


Estou cansado da inteligência
Álvaro de Campos/Fernando Pessoa ¹

Estou cansado da inteligência.
Pensar faz mal às emoções.
Uma grande reacção aparece.
Chora-se de repente, e todas as tias mortas fazem chá de novo
Na casa antiga da quinta velha.
Pára, meu coração!
Sossega, minha esperança fictícia!
Quem me dera nunca ter sido senão o menino que fui…
Meu sono bom porque tinha simplesmente sono e não ideias que esquecer!
Meu horizonte de quintal e praia!
Meu fim antes do princípio!

Estou cansado da inteligência.
Se ao menos com ela se apercebesse qualquer coisa!
Mas só percebo um cansaço no fundo, como baixam na taça
Aquelas coisas que o vinho tem e amodorram o vinho.

¹ Fernando Antonio Nogueira Pessoa
* Lisboa, Portugal – 13 de Junho de 1888
+ Lisboa, Portugal – 30 de Novembro de 1935
->>biografia

[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]


Você pode se interessar também sobre: Vinicius de Moraes – Pro dia nascer melhor – 30/11/2015


Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , , ,

Leia também:

Florbela Espanca - Versos na tarde
Florbela Espanca - Versos na tarde

Sonhando Florbela Espanca ¹ É noite pura e linda. Abro a minha janela E olho suspirando o infinito céu, Fico a sonhar de leve em muita coisa bela Fico a...

May 4, 2010, 9:00 pm
Charles Pierce - Frase do dia - 11/07/2017
Charles Pierce - Frase do dia - 11/07/2017

“Os políticos acreditam que uma tolice se torna fato se for espalhada aos berros”. Charles Pierce

July 11, 2017, 9:30 am
Emily Dickinson - Versos na tarde - 16/11/2014
Emily Dickinson - Versos na tarde - 16/11/2014

Poema Emily Dickinson¹ Para fazer uma campina basta um só trevo e uma abelha. Trevo, abelha e fantasia. Ou apenas fantasia Faltando a abelha. ¹ Emily Dickinson * Boston, Usa...

November 16, 2014, 9:00 pm
Clarice Lispector - Versos na tarde - 07/10/2014
Clarice Lispector - Versos na tarde - 07/10/2014

Poema Clarice Lispector ¹ Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas, minhas tristezas, absolutas. Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito... Eu só...

October 7, 2014, 9:00 pm
Jorge Luis Borges - Versos na tarde
Jorge Luis Borges - Versos na tarde

Uma chave em East Lansing Jorge Luis Borges ¹ Sou uma chave de limado aço. E meu formato não é arbitrário. Durmo o meu vago sono em um armário Que...

December 7, 2010, 12:00 pm
Walt Whitman - Versos na tarde - 04/07/2016
Walt Whitman - Versos na tarde - 04/07/2016

Até à Vista - Extrato Walt Whitman¹ ..."fiz o meu próprio caminho, Cantei o corpo e a alma, a guerra e a paz, as canções da vida e da morte,...

July 4, 2016, 9:00 pm